NASA vai anunciar descoberta inesperada fora do sistema solar

NASA

-

O Kepler186f foi o primeiro exoplaneta descoberto pela NASA

A Agência Espacial norte-americana NASA marcou inesperadamente uma conferência de imprensa para esta quarta-feira, na qual vai anunciar uma nova descoberta sobre os planetas que orbitam numa estrela diferente do Sol e que, por isso, não pertencem ao sistema solar.

A NASA vai apresentar a descoberta em conferência de imprensa, a realizar esta quarta-feira, às 13h00 locais (18h00 em Lisboa), e que será transmitida em direto no seu site, anunciou esta segunda-feira em comunicado a agência espacial norte-americana.

A agência espacial não deu mais detalhes sobre o assunto, que serão apresentados num artigo publicado na revista Nature que está sob embargo até à hora de início da conferência – depois da qual a NASA realiza uma sessão de perguntas e respostas na rede social Reddit.

A comunidade científica internacional está a aguardar com alguma expectativa o anúncio da agência espacial norte-americana, que raramente agenda conferências de imprensa de forma inesperada. Aparentemente, a publicação do artigo sob embargo está a ser respeitada, porque ninguém faz a mínima ideia do teor do anúncio.

A última vez que a NASA convocou uma conferência de imprensa de forma inesperada foi para anunciar, em setembro de 2015, a descoberta de água líquida em Marte.

Os últimos anos de exploração espacial têm sido pródigos em descobertas de planetas fora do planeta solar, muito graças aos resultados obtidos com o telescópio espacial Kepler. Em maio do ano passado, a NASA anunciou a maior descoberta de sempre: 1.284 planetas, o que na altura duplicou o número de exoplanetas então conhecidos.

“Isto dá-nos esperança de que em algum lugar lá fora, em torno de uma estrela muito parecida com a nossa, o Sol, podemos, eventualmente, descobrir também um planeta parecido com o nosso”, afirmou então a cientista-chefe da NASA, Ellen Stofan.

O observatório espacial não-tripulado Kepler, que foi lançado em 2009, permitiu a digitalização de 150.000 estrelas em busca de sinais de corpos em órbita, particularmente aqueles onde seja possível suportar vida.

Dos mais de 3.200 exoplanetas já identificados, 2.325 foram descobertos pelo Kepler.

O objectivo dos astrónomos é, em última instância, encontrar exoplanetas a orbitar na zona habitável do seu sol. Esta é a distância a uma estrela à qual os planetas que aí orbitam podem ter temperaturas de superfície que permitam água líquida- ou seja, suportar vida.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A conferência de imprensa tem por finalidade informar a descoberta de um planeta com condições que poderão possibilitar a vida humana e que, para ensaio, enviarão o Trump já amanhã ao final do dia.

RESPONDER

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …