NASA espera lançar telescópio sucessor do Hubble até finais de 2018

A NASA espera poder lançar para o espaço até ao final de 2018 o telescópio que vai suceder ao Hubble na observação do Universo quando estava no início da sua formação.

O novo instrumento de observação chama-se James Webb Space Telescope (JWST) e tem como responsável científico Pierre Ferruit, da Agência Espacial Europeia (ESA). O projeto tem também a participação da NASA e da Agência Espacial do Canadá.

Ferruit disse, durante a sua intervenção no segundo dia da reunião científica da Sociedade Espanhola de Astronomia (SEA) que se realiza em Bilbao, que o lançamento do engenho, com um espelho primário de 6,5 metros de diâmetro, vai tornar-se no maior telescópio espacial da História.

Esta grande dimensão e a excelente visão no campo dos infravermelhos vai permitir ao telescópio JWST estudar a formação das primeiras galáxias quando o universo era ainda jovem, com apenas algumas centenas de milhões de anos – atualmente tem 13.700 milhões de anos -, indicou a SEA num comunicado.

O JWST também vai poder estudar as atmosferas de exoplanetas – planetas situados fora do sistema solar – à procura de moléculas chave para a vida, como a água, o metano e o dióxido de carbono.

“O mais emocionante é que a sensibilidade do JWST, em comparação com os telescópios atuais, será tão elevada que de certeza que vamos descobrir coisas que nem nós esperamos“, explicou Pierre Ferruit.

O telescópio é batizado em honra a James E. Webb, o segundo administrador da NASA (entre 1961 e 1968), que teve um papel crucial no programa Apollo – que levou astronautas à Lua em 1969 – e em colocar a investigação científica no centro da atividade da agência.

Missão europeia

Ainda que o projeto seja liderado pela NASA, a Europa – através da ESA – tem também um papel destacado na missão, recordou Ferruit.

Exemplo desse papel é que o novo telescópio vai ser lançado num foguete Ariane europeu, e outros institutos de investigação e empresas europeias desenvolveram alguns dos instrumentos a bordo.

Em contrapartida, os cientistas europeus garantiram 15% do tempo de observação do JWST assim que esteja operacional.

Espanha também participa no projeto em dois dos quatro instrumentos científicos com que o JWST conta: o espectógrafo de infravermelhos próximos ou NIRSpec e o instrumento de infravermelhos médios, MIRI.

No que diz respeito ao NIRSpec, Espanha faz parte da equipa científica que monitoriza tanto o desenvolvimento do instrumento como as observações que vai levar a cabo, centradas principalmente nas galáxias primordiais do universo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco cita o seu próprio livro para responder à comissão de inquérito ao Novo Banco

O ex-Presidente da República respondeu à comissão de inquérito ao Novo Banco recorrendo a transcrições do seu livro "Quinta-feira e Outros Dias". Nas respostas "ao grupo de questões relacionadas com a crise do BES", a que …

"Um dia histórico". Governo aprova Estatuto dos Profissionais da Cultura

A ministra da Cultura confirmou, esta quinta-feira, que foi aprovado o Estatuto dos Profissionais da Cultura, que vai seguir agora para consulta pública, lembrando que ainda "existe espaço para melhorias". Na conferência de imprensa depois do …

Biden prepara-se para reconhecer massacre arménio como genocídio

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, está a preparar-se para reconhecer formalmente os massacres arménios do início do século 20 como genocídio, cumprindo assim uma promessa que fez durante a sua campanha, decisão …

Football Leaks. Consultor de cibersegurança aponta para ataque único à Doyen

A intrusão no sistema informático da Doyen terá resultado de um único ataque conduzido por uma pessoa e não várias, defendeu na quarta-feira o consultor inglês de cibersegurança contratado pelo fundo de investimento, no julgamento …

Cavaco Silva volta a estar ausente das cerimónias do 25 de Abril

O ex-Presidente da República já informou que não vai marcar presença na cerimónia comemorativa dos 47 anos do 25 de Abril, este domingo, no Parlamento, por continuar "a respeitar as regras sanitárias". Fonte oficial do gabinete …

No dia da Terra, os líderes mundiais juntaram-se para "passar à ação"

A Casa Branca organizou uma Cimeira de Líderes sobre o Clima, que decorre de forma virtual e durante dois dias. Começou esta quinta-feira, dia em que se comemora o Dia da Terra, e junta cerca …

Detido em Itália homem que terá fornecido arma ao autor do atentado de Nice em 2016

Um homem que teria fornecido uma arma ao autor do atentado com um caminhão na cidade francesa de Nice, em 14 de julho de 2016, foi detido na Itália, anunciaram na quarta-feira vários veículos de …

"Invisibilidade" do LGBTI nos Censos é alvo de críticas

A Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e o Bloco de Esquerda estão a criticar os Censos 2021 devido à ausência de perguntas relacionadas com identidade de género, o que …

Rússia vai dar início à retirada de tropas perto da fronteira com a Ucrânia

A Rússia anunciou que vai iniciar, esta sexta-feira, a retirada das suas tropas concentradas perto da fronteira com a Ucrânia e na Crimeia anexada, referindo que os exercícios foram concluídos. "As tropas demonstraram a sua capacidade …

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …