NASA descobriu “Sistema Solar” parecido com o nosso

Durante uma conferência de imprensa realizada esta quarta-feira, a NASA informou que foram identificados sete planetas do tamanho da Terra em órbita da estrela TRAPPIST-1, localizada a cerca de 39 anos-luz do Sol, na constelação Aquarius.

“Sinto-me entusiasmado por anunciar que o Dr. Michael Gillon e a sua equipa usaram o nosso telescópio espacial Spitzer para confirmar que existem realmente sete planetas do tamanho da Terra em órbita da estrela TRAPPIST-1”, informou o dirigente da NASA, Thomas Zubuchen.

Este sistema de exoplanetas é chamado de TRAPPIST-1, devido ao Transiting Planets and Planetesimals Small Telescope (TRAPPIST), localizado no Chile, através do qual os cientistas observaram três planetas, em maio de 2016.

Assistido por vários telescópios terrestres, incluindo o Very Large Telescope do European Southern Observatory, o telescópio Spitzer confirmou a existência de dois desses planetas e descobriu outros cinco, aumentando para sete o número de planetas encontrados.

Os cientistas revelaram que três dos planetas descobertos estão na chamada “zona habitável”, onde há grande probabilidade de existir água em forma líquida.

“Esta descoberta pode ser uma peça significativa na procura por ambientes habitáveis. Responder à pergunta ‘nós estamos sozinhos’ está no topo da nossa lista de prioridades científicas e encontrar tantos planetas, pela primeira vez, numa zona habitável é um passo notável”, destacou Zurbuchen, citado pela agência ANSA.

Como os planetas encontrados estão localizados fora do nosso sistema solar, são cientificamente conhecidos como exoplanetas. A equipa de cientistas da NASA já mediu o tamanho dos sete planetas e desenvolveu as primeiras estimativas das massas de seis deles, permitindo que a sua densidade fosse estimada.

De acordo com os especialistas, todos os planetas TRAPPIST-1 deverão ser rochosos. A massa do sétimo exoplaneta ainda não foi estimada – os cientistas acreditam que poderá ser um mundo gelado, como uma espécie de “bola de neve”, mas são necessárias mais observações.

Contrariamente ao Sol, a estrela TRAPPIST-1 é tão fria que, segundo os cientistas, a água líquida poderia sobreviver em planetas que orbitem perto dele, mais perto do que é possível nos planetas do nosso Sistema Solar.

Todas as sete órbitas planetárias TRAPPIST-1 estão mais próximas da estrela do que Mercúrio relativamente ao Sol, e os planetas também estão muito próximos uns dos outros.

“O que é interessante é que estes planetas estão tão próximos uns dos outros que se veem não como um ponto brilhante, como vemos Vénus, mas como nós vemos a lua”, destacou o astrónomo Michael Gillon, o principal autor do estudo publicado na Nature.

No entanto, os planetas poderão ter sempre o mesmo lado virado para a estrela, portanto, num lado estará sempre de dia e no outro será sempre noite. De acordo com os cientistas, isso pode significar que os exoplanetas têm padrões de tempo totalmente diferentes da Terra, o que pode significar ventos fortes e mudanças extremas de temperatura.

Os cientistas vão continuar a analisar o recém-descoberto “Sistema Solar” com recurso a vários telescópios espaciais, para conseguirem identificar as várias propriedades dos planetas conhecidos e continuar à procura de outros corpos celestes que possam ser habitáveis.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …

Maduro acusa EUA de provocarem "perigoso momento de tensão" no continente

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou na segunda-feira uma carta aos governantes internacionais, alertando que os Estados Unidos (EUA), ao oferecerem uma recompensa por informações que levem à sua detenção, conduzem a "um perigoso …

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …

Termina esta terça-feira o prazo para reclamar das despesas para IRS

O prazo para consultar e reclamar das despesas gerais e familiares apuradas pelo fisco para efeitos de deduções à coleta termina esta terça-feira. Os contribuintes têm até esta terça-feira, 31 de março, para consultar e reclamar …

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …