Narcotraficante El Chapo escapa por túnel e foge da prisão pela segunda vez

Mario Guzman / EPA

O barão da droga, Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O barão da droga Joaquin Guzman Loera, conhecido como El Chapo

O narcotraficante Joaquin “El Chapo” Guzmán Loera fugiu da prisão no Estado do México por um túnel com 1,5km de comprimento que ligava a um prédio fora da área prisional, informaram as autoridades mexicanas.

Numa conferência de imprensa, o titular da Comissão Nacional de Segurança, Monte Alejandro Rubido, sublinhou que na cela de El Chapo, que fugiu no sábado à noite, foi encontrado, na zona do duche, um buraco com 50 centímetros de largura e 10 metros de profundidade com um escadote.

O buraco ligava a um grande túnel com ventilação, afirmou Rubido, adiantando que a saída era num edifício que estava em construção.

Rubido também sublinhou que 18 guardas prisionais vão ser interrogados pelo Ministério Público, depois de El Chapo ter fugido no sábado pelo buraco que conduzia ao túnel.

Entretanto, com o objectivo de voltar a deter o narcotraficante, a Comissão explicou que foi montado “uma operação de localização na zona e nas estradas dos Estados vizinhos”.

O narcotraficante Joaquin Guzmán Loera, líder do cartel de Sinaloa e conhecido como El Chapo, fugiu este sábado da prisão de máxima segurança do Estado do México, no centro do país, onde estava preso desde Fevereiro de 2014, informaram fontes oficiais.

Num comunicado, a Comissão Nacional de Segurança sublinhou que a fuga, a segunda do narcotraficante depois da de 2001, ocorreu na noite de sábado, e El Chapo foi visto pela última vez nessa noite, quando foi tomar banho, na prisão de máxima segurança de Altiplano.

A prisão de Altiplano é uma prisão federal localizada em Almoloya de Juárez, no Estado do México, a 25 quilómetros de Toluca, a capital estatal, e a cerca de 80 quilómetros da Cidade do México.

Segundo a Comissão Nacional de Segurança, “ao prolongar-se a não visibilidade do interno, verificou-se a cela, que se encontrava vazia, pelo que, de imediato, foi emitido um alerta correspondente devido à provável evasão do mencionado recluso”.

Nascido em 1957, Joaquin Guzmán Loera, conhecido como El Chapo, iniciou a sua carreira criminal na década de 1980 como adjunto de Miguel Ángel Félix-Gallardo, chefe do cartel de Guadalajara, cuja detenção, em 1989, o levou a fundar a sua própria organização em Sinaloa, o seu Estado natal.

Em 1993 foi capturado na Guatemala, país de que foi extraditado para o México e, a 19 de Janeiro de 2001, fugiu da prisão de Puente Grande, Estado ocidental de Jalisco, a bordo de um camião de limpezas, com a ajuda de alguns funcionários da prisão.

A última detenção, a 22 de Fevereiro de 2014, foi considerada o maior golpe infligido ao narcotráfico no México, em dez anos, já que El Chapo era o criminoso mais procurado, tanto pelo México como pelos Estados Unidos.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. …Das conivências de lá ou por cá as “conveniências” dos envolvidos em movimentos estranhos, se tivessem “voltado” o colchão, tinham ganho uma boa almofada! Não.Não acredito. O “cubico” deles foi ‘vistoriado’ e um túnel faz-se bom muita terra! Conversa de anjinho penitente!

RESPONDER

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …