/

Há uma “Greta” que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

4

(cv)

Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis.

Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que toca à defesa do ambiente e no combate às alterações climáticas. A jovem sueca tem, no entanto, uma forte concorrente do lado dos mais céticos. Naomi Seibt tem 19 anos e é o oposto de Greta em termos ideológicos, denunciando um “alarmismo climático” nos seus vídeos do YouTube.

O think tank norte-americano Heartland Institute até divulgou recentemente um vídeo em que opõe Naomi Seibt a Greta Thunberg e coloca a questão: “Em qual delas devemos acreditar?”.

“Greta Thunberg surpreendeu o mundo com as suas previsões climáticas do dia do juízo final”, lê-se na descrição do vídeo. “Naomi Seibt, uma estrela em ascensão, defende um discurso científico adequado sobre as alterações climáticas. Quem lhe parece ser o advogado mais razoável?”.

Apenas três anos separam as duas ativistas, que apresentam discursos bastante díspares. De acordo com o Raw Story, os media até já chamam Seibt de “anti-Greta”.

Embora Seibt não seja ouvida a negar as alterações climáticas, questiona o impacto dos humanos no aquecimento global. A jovem alemã defende mesmo que “o alarmismo das alterações climáticas, na sua essência, é uma ideologia desprezivelmente anti-humana“.

Gostaria que os jovens não ficassem com medo do futuro ou acreditassem que as gerações mais velhas estão a destruir o planeta, que os animais estão a morrer ou que a natureza está a morrer”, diz Seibt, que é vista como a voz da razão pelos negacionistas das alterações climáticas.

Seibt argumenta ainda que, ao contrário de Greta, ela não está a ser doutrinada por outras pessoas e defende o seu direito de “expressar ceticismo baseado na ciência”.

Os meios de comunicação germânicos alegam que Seibt tem ligações à extrema-direita do país, nomeadamente com o partido AfD (Alternativa para a Alemanha). Contudo, a jovem nega qualquer envolvimento com o partido, embora já tenha manifestado o apoio a algumas das suas iniciativas.

  ZAP //

4 Comments

  1. Existem alterações climáticas? Claro que sim. São provacadas pelo homem? Não. Qualquer cientista sabe que a Terra passou por mais de 40 glaciações que estão registadas na geologia planetária. As mudanças climáticas são uma constante na história do planeta. Sempre, mas sempre, antes de uma glaciação, existe um aquecimento global, sendo que o mais surpreendente… um aumento de Co2. Isto são dados cientificas, sobre osquais não se fala. O interessante também é que quase todos os planetas do nosso sistema solar estão com alterações climáticas. O que as causa? O Sol. O que se passa é que se está a utilizar o tema para, mais uma vez, desviar a atenção dos problemas principais, sendo a poluição, a supressão das fontes de energia limpa por motivos económicos, os produtos alteradas geneticamente, a censura que é maior do que em qualquer outra fase da nossa história, mas desenvolvida por meios ultra sofisticados, o glifossato, o aluminio, o fluor, etc. etc. Estes são os verdadeiros problemas sobre os quais a população deveria estar atenta. O resto é manipulação da massas. Mas não há problema… existirão sempre muitos cientistas a provar o contrário através de estudos fidedignos… apoiados por instituições e corporações sérias e honradas que querem unicamente o nosso bem… vamos acordar, sem dúvida.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE