O mundo está a acabar e só as baleias é que sabem disso

Jean Tresfon / PLOSone

As jubarte, ou baleias-corcunda (Megaptera novaeangliae), assim chamadas devido à enorme dimensão das suas barbatanas, estão a juntar-se em grupos mais numerosos do que o habitual

As baleias-jubarte, animais geralmente solitários, estão a organizar-se em grande número e ninguém sabe explicar o porquê. O mundo está a acabar e só esta espécie de baleias é que se apercebeu disso?

As baleias-jubarte, ou melhor dizendo, baleias-corcunda, costumam andar em grupos, no máximo, com dez a vinte animais. Agora, estão a reunir-se em grupos com cerca de 200 elementos na costa da África do Sul – um fenómeno que os especialistas não conseguem explicar.

Estes animais migram até às águas tropicais para se reproduzir mas, nesta altura do ano, costumam procuram alimento mais a sul, nas águas geladas da Antártida. No entanto, expedições científicas continuam a ver grupos grandes destas baleias na África do Sul.

Os investigadores, que apresentaram os dados obtidos nessas expedições num artigo publicado na PLOSone, têm algumas ideias sobre porque é que isto está a acontecer, mas ainda não há uma resposta clara.

Congregações de baleias geralmente indicam que certas partes do oceano são especialmente ricas em alimento. Tem de haver uma densa concentração de presas para suportar tantas baleias-jubarte nesta área.

Estes animais comem de tudo – desde krill, plâncton e peixes pequenos – e têm uma forma especializada de caçar, chamada de “alimentação por rede de bolhas”.

As baleias dividem-se, algumas rodopiam em torno de um grupo de peixes, sopram um pouco de ar e formam assim uma rede de bolhas que os confunde, capturando-os.

Uma vez que passam muito tempo sozinhas, as baleias podem realizar uma manobra semelhante por conta própria. Algumas nem sequer sabem como se alimentar assim porque não é um comportamento intrínseco – é algo que aprendem.

Por isso, estes enormes grupos de baleias indicam claramente que andam à procura de alimento, pelo menos em parte, mas ninguém sabe realmente porque é que agora andam em grupos tão grandes.

Parece ser um fenómeno recente, observado nos últimos cinco anos, por isso pode até ser explicado pelo simples facto das populações de baleia-jubarte mais novas já permitirem este tipo de aproximação.

No passado, cerca de 90% das baleias-jubarte de todo o mundo tinham sido caçadas, mas agora existem novamente mais espécies, desde que, em 1996, se tornaram uma espécie protegida. Ou seja, talvez as jubarte sempre foram sociais, só que simplesmente não existiam muitas delas para que isso se pudesse notar.

Ou então, numa versão mais apocalíptica, estas reuniões podem ser explicadas pelo facto de os oceanos estarem a aquecer, os mares a subir e talvez – apenas talvez – estarem a comunicar com uma sonda espacial gigante. Nunca se sabe.

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Que o mundo está a caminho do fim está á vista só gente inocente pode dizer o contrário, não necessito que sejam as baleias com os seus rituais a confirmar.

  2. Imbecilidade típica de quem não tem mais nada para fazer, e vê não o fim do mundo, mas o fim do seu emprego precário. Oram vejam, primeiro escrevem “As baleias-jubarte, animais geralmente solitários…” e logo a seguir, “As baleias-jubarte, ou melhor dizendo, baleias-corcunda, costumam andar em grupos, no máximo, com dez a vinte animais…” ou seja, pensei que os animais solitários andassem sozinhos. Pelos vistos faz confusão aos crâneos que fazem estes estudos e aos idiotas que os publicam, que os animais passem a andar em grupos maiores em vez dos habituais “10 ou 20 elementos”. Fantásticas conclusões, o mundo inteiro aplaude (se entretanto não acabar).

  3. Eheheheheh, não havia necessidade de chamar a imprensa para testemunhar a orgia dos cetáceos…já não há privacidade, nem em alto mar.

  4. Possivelmente estão a ser já mais inteligentes do que o ser humano e por serem tão massacradas acabam por verificar talvez de que em grandes grupos terão mais hipóteses de se safarem desta espécie gananciosa.

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …