Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

RFS RU / Fotos Públicas

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma entre tantas competições, não fosse a lista de proibições que já está a dar que falar.

Tratando-se de um país árabe, os adeptos têm uma série de “regras de conduta” que devem seguir para que não sejam punidos.

Por exemplo, demonstrações públicas de afeto, como carícias ou beijos, não devem existir, uma vez que tais afetos são considerados impróprios pela cultura árabe.

Aliás, e apesar de o comité organizador do Mundial referir que todos são bem-vindos, independentemente da orientação sexual, o Ministério das Relações Externas do Brasil refere que atos de afeto em público “são passíveis de processo e punição criminal.

Já o consumo de álcool é também proibido não só nos estádios, como nas ruas. No entanto, há uma alternativa para quem quer consumir bebidas alcoólicas: uma fan zone montada no Doha Sports Park onde são permitidas bebidas espirituosas.

No que toca ao consumo de droga, nem vale a pena falar muito nesse aspeto, uma vez que é considerado um crime grave.

Por fim, a roupa. A organização do Mundial de Clubes não obriga as mulheres a cobrirem a cabeça com lenços, ou seja, podem vestir calças e outras peças. E claro, as adeptas poderão entrar nos estádios sem problema algum. Apenas se pede “bom senso”, na medida em que não se devem utilizar peças de roupa reduzidas neste tipo de locais, como decotes acentuados, minissaias e calções curtos.

Com dois estádios como sede, sendo que o Khalifa Stadium fará parte do Mundial de 2020, o Mundial de Clubes tem como “pratos” fortes os jogos do Flamengo (treinado pelo português Jorge Jesus) e Liverpool, a realizarem-se a 17 e 18 de dezembro, respetivamente.

Fica a questão: se há já estas regras bastante rígidas numa competição que não gera assim tanto interesse, será que o mesmo se irá aplicar ao Mundial de Futebol de 2022?

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Provas internacionais em países de 3° mundo e com mentalidade da Idade Média, não se esperava outra coisa… mas a culpa não é deles; é de gente (supostamente civilizada), que troca o “civismo” e os direitos humanos por petro-dólares!…

    • Recuso ver, é a forma que tenho como protesto, se grande parte o fizer, não volta a acontecer. Respeito completamente esse modo de estar e organização social, como tal ou participo e aceito as regras, ou não participo.
      Desde que não me venham impor a mim, na minha terra essa forma de estar, tudo bem. Vai e aceita quem quer.

RESPONDER

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …