Cientistas descobrem que Ramsés III foi assassinado por mais que uma pessoa

Vania Teofilo / Wikimedia

Sarcófago do Faraó Ramsés III no Museu do Louvre em 2006.

O Faraó Ramsés III terá sido assassinado por dois atacantes e não por apenas um, como se acreditava. A tese é defendida num novo livro, com base numa investigação científica que apurou que a múmia do Faraó foi alvo de uma cirurgia estética para ficar com melhor aparência.

O livro “Scanning the Pharaohs: CT Imaging of the New Kingdom Royal Mummies” (American University in Cairo Press, 2016) é uma obra do egiptólogo Zahi Hawass e de Sahar Saleem, radiologista da Universidade do Cairo.

Os dois investigadores analisaram as múmias reais das dinastias do Egipto, desde 1543 a.C. até 1064 a.C., estudando figuras como Tutankhamon, Seti I e Ramsés III, com recurso às mais modernas tecnologias.

Em 2012, um estudo que analisou a múmia de Ramsés III através da tecnologia de tomografia computadorizada (TC) concluiu que o Faraó que reinou no Egipto entre 1186 e 1155 a.C. teria sido assassinado de forma instantânea com um golpe de faca na garganta.

A teoria de Zahi Hawass e de Sahar Saleem é que o Faraó terá sido morto por mais do que um atacante com armas diferentes. Para confirmar essa ideia, eles revelam que Ramsés III teria também o dedo grande do pé cortado, provavelmente por um machado.

“O local da lesão do pé é anatomicamente distante da ferida do corte no pescoço; também a forma dos ossos do dedo do pé fracturados indica que foi induzida por uma arma diferente da usada para induzir o corte no pescoço. Por isso, deve ter havido um atacante com um machado ou espada a atacar o rei de frente e outro com uma faca ou uma adaga a atacar o rei por trás, ambos atacando ao mesmo tempo”, explica Sahar Saleem ao site Live Science.

Este detalhe do dedo do pé cortado terá ficado “escondido” porque os embalsamadores do Faraó usaram uma espécie de prótese, feita de linho, para colocar no lugar da extremidade em falta, aquando da mumificação do corpo, usando resina para colar as camadas de tecido de forma a que o ferimento não fosse detectado.

“Isto escondia o grande segredo por baixo dos panos. Parece-me que era essa a intenção dos embalsamadores egípcios, derramar deliberadamente grandes quantidades de resina para colar as camadas dos envoltórios de linho ao corpo e ao pé”, salienta Sahar Saleem ao Live Science.

Além disso, na mumificação de Ramsés III terá sido usada a versão egípcia da actual cirurgia estética, com a colocação de materiais acondicionadores debaixo da pele para “engordar” o corpo e torná-lo mais atractivo.

O Faraó Tutankhamon também terá sido alvo do mesmo tratamento de “beleza”, com enchimentos subcutâneos na cara e nos membros, conforme se descreve no livro.

A obra faz ainda nota dos documentos históricos que relatam a existência de um plano para assassinar Ramsés III, elaborado por uma das suas mulheres, Tiye, que pretenderia colocar o filho, Pentawere, no trono. Se conseguiram, de facto, matar o Faraó, acabaram por ir a tribunal, sendo condenados e executados durante o reinado de Ramsés IV.

Os exames feitos àquela que seria a múmia de Pentawere evidenciam que este terá acabado com a própria vida, por sufocação ou estrangulamento, alegadamente depois da condenação.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …

Alex Ferguson acusado de receber relógio após viciar jogo da Juventus

Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United durante quase três décadas entre 1986 e 2013 que venceu um total de 38 títulos pelo clube depois de se ter destacado nos escoceses do Aberdeen, foi acusado …

UNESCO aprova Dia Mundial da Língua Portuguesa

O Dia Mundial da Língua Portuguesa vai ser comemorado anualmente a 5 de maio, como já acontece na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, e António Sampaio da Nóvoa aponta o “momento muito importante” para …