Mulheres otimistas vivem mais tempo, revela estudo

As mulheres que têm uma visão mais otimista da vida podem viver mais tempo do que aquelas que têm uma visão “mais escura” do mundo, sugere um estudo realizado por cientistas da Universidade de Harvard, nos EUA.

Os cientistas analisaram dados do Nurses Health Study, que recolhe informações sobre as enfermeiras desde 1976. O estudo entrevistou mulheres sobre a sua saúde física e mental, bem como os seus hábitos relacionados com a dieta, exercício, tabaco e bebidas alcoólicas.

A partir de 2004, a pesquisa acrescentou uma pergunta sobre o otimismo. A partir desse ano, até 2012, as cientistas analisaram o que as participantes disseram sobre o otimismo e tentaram entender como é que isso se relacionava com as outras respostas e a saúde das entrevistadas.

Através da análise do “modo de vida” de cerca de 70 mil mulheres, os especialistas descobriram que as mais otimistas foram significativamente menos propensas a morrer de cancro, doenças cardíacas, doenças respiratórias ou infeções durante o período de estudo.

“As pessoas otimistas tendem a agir de maneiras mais saudáveis – ou seja, praticar mais exercício, dietas mais saudáveis, dormir melhor – o que reduz o risco de morte”, disse uma das principais autoras do estudo, Kaitlin Hagan, da Universidade de Harvard.

“O otimismo também pode ter um impacto direto no nosso funcionamento biológico. Outros estudos mostraram que um maior otimismo está relacionado com menor inflamação, níveis de lipidios mais saudáveis e antioxidantes mais elevados”, acrescentou Hagan.

Uma limitação do estudo é a possibilidade de que, em alguns casos, possam ser os próprios problemas de saúde a causar uma falta de otimismo nas mulheres.

O estudo não incluiu homens, mas investigações anteriores revelaram que a ligação entre o otimismo e saúde é semelhante para ambos os sexos, disse outro autor do estudo, Eric Kim.

Apesar da falta de homens no estudo, publicado no Jornal Americano de Epidemiologia, os resultados ainda sugerem que pode valer a pena promover esforços de saúde pública focados no otimismo.

“O pensamento negativo não é a causa ou o único contribuinte para as doenças. A mentalidade é apenas um fator, mas os resultados do estudo indicam que é significativo e não pode ser ignorado”, disse Susan Albers, psicóloga da Cleveland Clinic, em Ohio, que não está envolvida no estudo.

Outros estudos revelam que o otimismo pode (e deve) ser aprendido através de um treino diário. E, no final, só tem a ganhar em qualidade de vida.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já pediram apoio do Governo

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já se candidataram ao apoio extraordinário criado pelo Governo para fazer face à paragem total de atividade devido à pandemia de covid-19. Segundo o comunicado do Ministério do Trabalho, Solidariedade …

“Voltaremos a encontrar-nos”. Isabel II relembra a 2.ª Guerra Mundial e fala de um desafio "diferente"

A rainha Isabel II salientou este domingo, numa mensagem televisiva, que a pandemia Covid-19 é um desafio "diferente" de outros enfrentados pelo Reino Unido e exortou os britânicos a respeitar o confinamento. "Embora já tenhamos enfrentado …

CTT recuam. Não vão propor a distribuição de dividendos de 2019

O Conselho de Administração dos CTT - Correios de Portugal, SA informaram esta segunda-feira que já não vão propor à Assembleia Geral de Acionistas a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2019, como previsto, …

Há enfermeiros sem treino a trabalhar nos cuidados intensivos

A presidente do Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU), Gorete Pimentel, denuncia que há enfermeiros sem treino a trabalhar em unidades de cuidados intensivos. "São necessários três a quatro meses para que um enfermeiro seja …

Ronaldo vai tornar-se o primeiro bilionário no mundo do futebol

Cristiano Ronaldo vai faturar cerca de 90 milhões de euros este ano. Isto faz com que o futebolista português atinja os mil milhões de euros em receitas durante a sua carreira. Embora Cristiano Ronaldo tenha sido …

Tribunais adiaram mais 50 mil diligências num mês

A pandemia de covid-19 obrigou os tribunais portugueses a adiar 2.445 diligências e a anular outras 28.957, escreve o jornal Público. Ao todo, foram desmarcadas 51.402 diligências, frisa o matutino na sua edição desta segunda-feira, …

311 mortes e uma subida de 4% nos casos confirmados em Portugal. Recuperados quase duplicaram

O número de mortes em Portugal relacionadas com a Covid-19 ultrapassou a barreira das 300, situando-se nas 311 vítimas, mais 16 do que no domingo. O número de recuperados também cresceu para 140. Os casos …

"Uma vergonha para o país". Morte de ucraniano leva a "mudanças profundas" no funcionamento do SEF

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta segunda-feira que vai haver “mudanças profundas no modelo de funcionamento do Centro de Instalação Temporária do SEF no aeroporto de Lisboa, na sequência do caso da …

City abre processo a Kyle Walker por festa com prostitutas durante quarentena

Kyle Walker, futebolista do Manchester City, viu o clube instaurar-lhe um processo disciplinar, depois de este ter, alegadamente, quebrado a obrigação de confinamento devido à COVID-19 numa festa com prostituas. “Os futebolistas são modelos a seguir …

"Digam aos accionistas que não há nada para ninguém". Marcelo apela à Banca (ou deixa que o Governo suspenda os lucros)

O Presidente da República reúne-se, nesta segunda-feira, com os cinco maiores bancos a actuar em Portugal para apelar à sua "sensatez" para agilizarem os empréstimos às empresas e às famílias depois de terem recebido milhões …