MP investiga publicação de sindicato sobre doenças de mulher detida na Amadora

Tiago Petinga / Lusa

O Ministério Público vai investigar a publicação do Sindicato Unificado da Polícia no Facebook, que insinuava que a mulher detida na Amadora sofria de doenças graves.

A informação foi confirmada pela Procuradoria-Geral da República, esta quarta-feira, à rádio TSF, na sequência da queixa da Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, entretanto remetida para o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, que deu origem a um inquérito.

Em causa está uma publicação no Facebook do Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública (PSP), na qual se referia ao caso da mulher que foi detida na Amadora e que acusa o polícia de agressão.

A publicação na rede social, que depois foi apagada, era acompanhada de algumas fotografias que retratavam o “estado” em que o agente terá ficado após a ocorrência, com o sindicato a dizer que esperava que este não tenha apanhado “doenças graves”.

Na sequência deste post, a Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) também abriu um inquérito ao sindicato em causa, “tendo solicitado à Direção Nacional da PSP que sobre a mesma se pronuncie”.

A mulher alega ter sido agredida na paragem de autocarros e dentro da viatura da PSP em direção à esquadra de Casal de São Brás, na Amadora. A polícia afirma, por sua vez, que a mulher reagiu de forma “agressiva” e que o agente utilizou “a força estritamente necessária para o efeito face à sua resistência”.

A mulher ficou indiciada do crime de resistência e coação sobre agente da autoridade e sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência. O polícia não foi constituído arguido.

Esta segunda-feira, o novo diretor da PSP, Magina da Silva, afirmou que aquilo que viu no vídeo foi “um polícia a cumprir as suas obrigações e as normas que estão em vigor na PSP”, não tendo visto “qualquer infração”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo vai integrar nos quadros quase 3.000 profissionais de saúde

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que permite integrar nos quadros quase três mil profissionais do Serviço Nacional de Saúde. Em comunicado, o Governo explica que a conversão do vínculo laboral de 2.995 …

Quatro defensores dos direitos humanos, indígenas e ambientais recebem "Nobel Alternativo"

Duas advogadas, do Irão e da Nicarágua, um advogado dos Estados Unidos (EUA) e um ativista da Bielorrússia foram esta quinta-feira distinguidos, em Estocolmo, com o "prémio Nobel Alternativo" que pretende "impulsionar mudanças sociais urgentes …

PJ diz que há “condições” para alargar colaboração com Rui Pinto

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu a possibilidade de a colaboração com Rui Pinto poder “ir além” da abertura dos discos encriptados e apreendidos ao criador do Football Leaks, reconheceu esta quinta-feira o inspetor José Amador. "Temos …

Netanyahu avisa que confinamento em Israel pode durar um ano

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse esta quinta-feira que o confinamento no país pode prolongar-se durante meses ou mesmo "um ano" após uma reunião em que foram debatidas novas restrições contra a propagação da …

FC Porto com City na Champions. Ronaldo volta a encontrar Messi

O FC Porto vai defrontar os ingleses do Manchester City, os gregos do Olympiacos e os franceses do Marselha no Grupo C da fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol, ditou esta quinta-feira …

Cabrita pede abertura de inquérito a fuga de 17 migrantes. Cinco já terão sido apanhados

O ministro da Administração Interna pediu a abertura de um inquérito à fuga de 17 migrantes do norte de África que desembarcaram em setembro no Algarve e fugiram, durante a madrugada, do quartel em Tavira …

Governo chega a acordo com Madrid para alargar restrições a toda a comunidade

O Governo espanhol anunciou, esta quarta-feira, um acordo que estende medidas para combater a covid-19, já em vigor em partes da Comunidade Autónoma de Madrid, a toda a capital e várias localidades da periferia onde …

Ciclista suspenso por defender Trump

Quinn Simmons respondeu no Twitter a uma jornalista e a sua equipa suspendeu o atleta. Um "adeus" e uma mão negra na origem da polémica. Quinn Simmons foi campeão do mundo de ciclismo no ano passado, …

Bolsonaro considera "lamentável" discurso de Biden que apela ao país que pare de destruir a Amazónia

Jair Bolsonaro classificou como “lamentável” o comentário de Joe Biden durante  o debate presidencial que ocorreu na madrugada de terça-feira. O candidato democrata mostrou-se preocupado com o facto das florestas tropicais no Brasil estarem a …

Ex-responsável militar acusado de fazer compras pessoais e cobrar ao Exército

Um antigo responsável militar mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de 7.600 euros, feitas ao longo de seis meses. Um antigo responsável militar no Porto mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de …