Morreu Albert Uderzo, criador do “Astérix”

O ilustrador francês Albert Uderzo, um dos criadores da banda desenhada de Astérix e Obélix, morreu aos 92 anos, anunciou a família, esta terça-feira, numa nota enviada à AFP.

“Albert Uderzo morreu durante o sono na sua casa, em Neuilly, de um ataque cardíaco, não relacionado com a Covid-19”, disse Bernard de Choisy, genro do desenhador. “Estava muito cansado, desde há várias semanas”.

Com a morte de Albert Uderzo, desaparecem os dois autores da famosa banda desenhada francesa, que conta já com seis décadas de existência. René Goscinny morreu em 1977.

Nascido em 25 de abril de 1927, francês e filho de pais italiano, Uderzo assinou as primeiras aventuras de Astérix, o Gaulês, com René Goscinny, em 1959. A personagem apareceu pela primeira vez em Portugal, nas páginas da revista Foguetão, no dia 4 de maio de 1961.

Em 1967, foi editado o primeiro álbum de Astérix em Portugal: “Astérix, o Gaulês”.

Em 2011, o cocriador de Astérix e Obélix, que assumira a continuação das aventuras, após a morte de Goscinny em 1977, passou o testemunho aos desenhadores Frédéric e Thierry Mébarki e ao guionista Jean-Yves Ferri.

Na altura, disse que estava “um pouco cansado”. “Os anos passaram e pesam. Decidi deixar isto a autores mais jovens, que têm talento suficiente para que as personagens sobrevivam”, disse, quando tinha 84 anos.

O jornal francês Le Monde chama a Urdezo “um monumento, em todos os sentidos das palavras”, que agora desaparece. Outro jornal francês, Le Figaro, descreve-o como um “gigante de talento monstruoso”.

As histórias sobre a pequena aldeia gaulesa rebelde, que resiste à Roma do imperador Júlio César, vendeu perto de 400 milhões de exemplares em todo o mundo e deu origem a mais de uma dezena de filmes. As histórias de Astérix e Obélix estão traduzidas em mais de 107 línguas e dialetos.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …

Há mais 19 mortos em Portugal. Número de casos confirmados perto dos 6.000

Portugal registou, este domingo, mais 19 mortes devido ao surto de covid-19. O número de casos confirmados é de 5.962, mais 792 em relação aos números de sábado. A Direção-Geral de Saúde revelou este domingo o …