Quando morrer, o Sol vai emitir radiação que pulverizará os asteróides no Sistema Solar

(dr) Lauri Voutilainen

Daqui a seis mil milhões de anos, o Sol vai ficar sem combustível e vai expandir-se massivamente, bombeando uma poderosa radiação eletromagnética. De acordo com um novo estudo, esta luz pode conseguir pulverizar os asteróides no Sistema Solar.

Dimitri Veras, da Universidade de Warwick, e Daniel Scheeres, da Universidade do Colorado, descobriram que a a radiação emitida por estrelas como o nosso Sol durante as suas mortes pode fazer com que asteróides girem a velocidades tão altas que se partem em fragmentos sucessivamente mais pequenos.

Cerca de 90% das estrelas do universo são estrelas da “sequência principal”. Quando estes objetos estelares gastam todo o seu combustível de hidrogénio, aumentam de tamanho para centenas de vezes do normal durante a fase conhecida como “ramo gigante”, que dura alguns milhões de anos.

Além de crescerem em tamanho, as estrelas neste estágio também experimentam um grande aumento na sua luminosidade, uma vez que emitem uma intensa radiação eletromagnética. Após este estágio, as estrelas largam as suas camadas externas expandidas, colapsando num denso remanescente conhecido como anã branca.

De acordo com o estudo publicado em dezembro na revista científica Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, a radiação cada vez mais intensa emitida pelas estrelas da sequência principal durante a fase do ramo gigante” será absorvida pelos asteróides. À medida que a radiação é obsorvida, move-se através deles antes de ser emitida de uma ponto diferente. Isto faz com que os asteróides girem cada vez mais rápido até quebrarem – conhecido como efeito YORP.

Este processo continua até que os objetos alcancem entre um e cem metros de diâmetro. Segundo os investigadores, asteróides maiores são mantidos frouxamente unidos e, portanto, a sua força interna é fraca, por isso, partem-se mais facilmente. Por outro lado, asteróides mais pequenos têm mais força interna.

De acordo com o Newsweek, os resultados do estudo indicam que, durante a fase do ramo gigante do sol, asteróides ainda mais distantes do que Neptuno ou Plutão seriam pulverizados por esse efeito.

No nosso Sistema Solar, este processo de desintegração pode demorar alguns milhões de anos – uma escala de tempo relativamente curta em termos cósmicos – e deixaria para trás um disco de detritos ao redor da anã branca.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Máscaras e luvas usadas para proteger contra covid-19 enchem rios europeus

Os principais rios da Europa estão cheios de máscaras cirúrgicas e luvas médicas descartadas por pessoas que utilizaram estes equipamentos para se protegem contra o novo coronavírus, denunciaram cientistas. Segundo noticiou na segunda-feira a agência AFP, …

Dez milhões de crianças "podem nunca voltar à escola" após coronavírus

A pandemia de coronavírus causou uma "emergência educacional sem precedentes", com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) …

Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax

O facto de vários departamentos de saúde pública norte-americanos ainda utilizarem o fax para trocarem informação com hospitais, centros de saúde e laboratórios que realizam testes de deteção do novo coronavírus é um grande problema …

Uber passa a estar disponível em todo o país

A plataforma de transporte pode, a partir desta terça-feira, ter operadores em todo o território nacional, considerando ser um passo importante num contexto em que o turismo interno ganha relevância, no âmbito da pandemia da …

Profissionais do SNS já trabalharam oito milhões de horas extra no primeiro semestre

No primeiro semestre de 2020, contam-se mais 1,2 milhões de horas suplementares trabalhadas, sendo que só em maio a subida foi superior a 471 mil. Segundo o Jornal de Notícias, nos primeiros seis meses deste ano, …

Rui Moreira diz que não é possível prevenir festejos de adeptos do FC Porto

O presidente da Câmara Municipal do Porto disse, esta terça-feira, não ser possível tomar medidas de prevenção em relação a possíveis festejos de adeptos do FC Porto pela conquista do título, pedindo apenas que se …

Mulher assintomática provoca surto de 71 infetados na China. Bastou entrar sozinha num elevador

A passagem de uma mulher infetada com covid-19, mas assintomática, por um elevador de um edifício habitacional na China deu origem a um surto de 71 contagiados. De acordo com o estudo publicado pelo Centro de …

Detido em França um dos pedófilos da "darknet" mais procurados do mundo

A polícia francesa prendeu um suspeito de gerir portais na "darknet" que permitiram a "milhares de internautas de todo o mundo ter acesso a fotografias ou vídeos de caráter pedopornográfico", anunciou, esta segunda-feira, o Ministério …

Mais seis mortes e 233 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais seis mortes e 233 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 233 novos casos, 143 são na região …

Itália restitui a França obra de Banksy roubada do Bataclan

Itália anunciou, esta terça-feira, que vai devolver a França uma obra atribuída a Banksy, uma homenagem às vítimas dos ataques terroristas em Paris, em 2015, roubada em 2019 e encontrada numa quinta perto de Roma. Antes, …