O Etna está a deslizar para o Mediterrâneo

O vulcão mais ativo da Europa, o Monte Etna, está a deslizar para o mar. Um novo estudo revela um movimento de 14 milímetros por ano, em média.

Sem nos apercebermos e muito lentamente, o vulcão mais ativo da Europa está a escorregar em direção ao mar. Embora seja uma situação que requer alguma atenção, não é motivo para alarme.

Esta conclusão surge num estudo recente, publicado na edição de abril do Bulletin of Volcanology. De acordo com a investigação, o Monte Etna está a deslizar em direção ao Mediterrâneo a um ritmo de, em média, 14 milímetros por ano.

A equipa, liderada por cientistas britânicos, afirma que esta deslocação poderá gerar alguns perigos em toda a estrutura do Etna no futuro. “Diria que não há atualmente motivo para alarme, mas é algo a que temos de estar atentos, especialmente para ver se há alguma aceleração neste movimento”, explica John Murray, o líder da equipa, à BBC.

É através de uma rede de estações GPS de alta precisão, montada na montanha, que Murray consegue controlar o comportamento da estrutura, já que são estes aparelhos que permitem registar mudanças milimétricas na forma do cone vulcânico.

Os investigadores recolheram os dados entre 2001 e 2012, e perceberam que a montanha se está a deslocar a caminho da cidade costeira de Giarre, a cerca de 15 quilómetros do Etna, em Sicília. Este ritmo traduz-se em 1,4 metros a cada cem anos, ou seja, só daqui a mais de 1,5 milhões de anos os habitantes  de Giarre poderão ver o Etna.

Os registos geológicos mostram que estes vulcões deslizantes têm tendência a colapsos de secções, havendo o risco de, numa erupção, haver um colapso de uma parte do cone, causado deslizamentos de terra. No entanto, estas situações são raras e podem levar séculos a atingir um estado crítico.

A preocupação dos cientistas centra-se na atividade eruptiva. Os investigadores têm agora de analisar as deformações que os movimentos de magma causam na montanha, já que uma erupção pode acontecer quando o magma ascende e a deforma.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …