Missouri pode transformar-se no primeiro estado sem clínicas de aborto

Fibonacci Blue / Flickr

Planned Parenthood

Depois de ter sido aprovada na semana passada uma nova lei no Missouri que restringe o período em que é permitido interromper a gravidez, há a expectativa de que o departamento de saúde do estado norte-americano não renove a licença que permite à única clínica onde se fazem abortos continuar a fazê-los.

A possibilidade foi avançada pelo Planned Parenthood, um grupo de defesa dos direitos civis nos Estados Unidos (EUA), cuja presidente, Bonyen Lee-Gilmore, descreveu a situação, num comunicado citado pela CNN, como uma “verdadeira crise de saúde pública”, noticiou o Expresso na terça-feira.

“Esta semana, o Missouri poderá transformar-se no primeiro estado do país sem uma única clínica que faça abortos de forma segura e legal, negando o acesso a este procedimento médico a mais de um milhão de mulheres em idade reprodutiva”, acrescentou.

A porta-voz do grupo de defesa dos direitos civis explicou que a licença expira a 31 de maio mas que isso não significa que a clínica vá encerrar, continuando a disponibilizar métodos de controlo de natalidade e a realizar exames a doenças sexualmente transmissíveis, cancro e outras enfermidades.

As autoridades estaduais ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Na sexta-feira da semana passada, o governador do Missouri, o republicano Mike Parson, assinou uma nova lei que proíbe o aborto a partir das oito semanas de gestação, sem exceções para casos de violação ou de incesto, que entra em vigor a 28 de agosto (as únicas exceções são em situações de risco de morte ou de lesões físicas permanentes).

Os médicos que realizarem o procedimento para lá do prazo estipulado podem vir a ser condenados a uma pena de cinco a 15 anos de prisão. “Ao aprovarmos esta lei, estamos a enviar um sinal à nação de que aqui no Missouri defendemos a vida e protegemos a saúde das mulheres”, afirmou na altura o governador. “Todas as vidas têm valor”, referiu.

A aprovação da lei colocou o Missouri ao lado de uma série de estados norte-americanos, liderados por republicanos, que têm vindo a aprovar legislação que limita o direito ao aborto, lê-se na notícia do Expresso.

É o caso do Alabama, cuja governadora, Kay Ivey, assinou a 15 de maio uma lei que proíbe o aborto em quase todas as circunstâncias, não havendo exceções nem sequer para vítimas de violação ou casos de incesto (também nessa altura a Planned Parenthood interveio para pedir que a lei fosse bloqueada) e é o caso dos estados de Georgia, Alabama e Mississippi, embora aqui a lei tenha sido bloqueada por um juiz federal.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hospital da Luz em Lisboa limita acesso a urgências pediátricas no verão

O acesso dos clientes ao Atendimento Urgente de Pediatria "será limitado temporariamente" devido a obras de expansão do hospital. Condicionamento vai durar de 1 de julho a 15 de setembro. O Hospital da Luz, em Lisboa, …

Português entre as vítimas mortais em incêndio em Paris

Um cidadão português é uma das três vítimas mortais do incêndio ocorrido no sábado num prédio no centro de Paris, França, disse esta terça-feira à Lusa fonte oficial do Governo. Uma fonte oficial do gabinete do …

Restaurante de Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos melhores 50 melhores restaurantes do mundo, para a 42ª posição. No ano passado, o restaurante, situado no Largo de São Carlos, …

Sevilha terá recusado contratar João Félix por 1,5 milhões. Era "muito dinheiro"

Reforço já garantido pelo Atlético Madrid para a próxima temporada, João Félix poderia por estes dias já andar na Liga espanhola, ao serviço do Sevilha, clube que no arranque da temporada 2018/19 terá recusado contratar …

Carrossel internacional do IVA. 15 empresários detidos em megaoperação da PJ

A Polícia Judiciária (PJ) deteve nesta terça-feira 15 empresários por suspeitas de fraude fiscal e de branqueamento de capitais no âmbito de um esquema conhecido por carrossel internacional do IVA. Está em causa um tipo de …

Portugal é “campeão” dos atrasos na aplicação de medidas anti-corrupção

Portugal foi o país com a maior proporção (73%) de recomendações não implementadas do Grupo de Estados Contra a Corrupção (GRECO), seguido da Turquia (70%), indica o relatório de 2018 deste órgão de monitorização anti …

"Cansado da insolência dos europeus", Irão renuncia a dois compromissos do acordo nuclear

O Irão libertar-se-á “resolutamente” de dois outros dos seus compromissos no quadro do acordo internacional sobre o seu programa nuclear “a partir de 7 de julho”, noticiou esta terça-feira a agência iraniana Fars, citando um …

Héctor Herrera já terá data de apresentação definida no Atlético de Madrid

O internacional mexicano Héctor Herrera vai ser reforço do Atlético de Madrid para as próximas épocas a partir do próximo dia 1 de julho. De acordo com o que escreve esta terça-feira o jornal catalão Mundo …

Ferro Rodrigues escreveu a Itália: "Miguel Duarte agiu por razões humanitárias"

O presidente da Assembleia da República transmitiu ao homólogo italiano a apreensão do parlamento com o processo de Miguel Duarte, investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, defendendo que o jovem português …

Últimos moradores do prédio Coutinho ficam sem gás

Os últimos 11 moradores do prédio Coutinho, no centro de Viana do Castelo, ficam esta terça-feira sem fornecimento de gás, afirmou Agostinho Correia, residente que admite ser "difícil" continuar a "fazer vida" no edifício já …