Missão para encontrar uma “Terra” fora do Sistema Solar entra na fase industrial

A missão Platão, da Agência Espacial Europeia, destinada a encontrar e estudar planetas fora do sistema solar, entrou na fase industrial, com a assinatura de um contrato para construção de um satélite, por um consórcio liderado pela empresa alemã OHB Systems.

A medida foi anunciada nesta quinta-feira pela Agência Espacial Europeia (ESA) durante o Congresso Internacional de Astronáutica em Bremen, no norte da Alemanha, onde foi firmado o contrato, que inclui o lançamento do satélite e a manutenção, tanto na fase de testes como posteriormente.

A missão Platão inicia-se em 2026 e tem como propósito encontrar e estudar outros sistemas planetários, com especial ênfase para planetas rochosos próximos de estrelas similares ao sol e a uma distância que poderá permitir a existência de água.

Segundo o diretor-geral da ESA, Johan-Dietricj Woerner, uma das “mais emocionantes questões da astronomia” é saber se no universo existe “uma segunda Terra”.

“Com o nosso satélite Platão iremos concentrar-nos em planetas similares à Terra, cuja órbita está na zona ‘habitável’ em torno de estrelas similares ao nosso Sol. Será o maior passo destinado a encontrar uma segunda Terra”, disse.

Na construção do satélite, além da OHB, participarão a Thales Alenia Space, de França e do Reino Unido, e a suíça RUAG. O Centro Aeroespacial Alemão (DLR) fornecerá, em cooperação com outros centros de investigação europeus, os instrumentos científicos, entre os quais um sistema de 26 câmaras e unidades eletrónicas.

A missão não só procurará exoplanetas desconhecidos, como investigará as propriedades das estrelas em torno das quais giram. Isto, segundo a ESA, ajudará os cientistas a entender a arquitetura dos sistemas dos exoplanetas e a determinar onde estão os mundos mais provavelmente com condições de suportar vida.

A missão continuará o trabalho da Cheops, dedicada à observação de exoplanetas, que no próximo ano iniciará uma caracterização dos que já se conhecem.

A missão Platão será seguida pela missão Ariel, cujo lançamento está planeado para 2028 para estudar em detalhe a atmosfera de um grande número de exoplanetas.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Você não sabe o que diz. Por favor informe-se antes de afirmar coisas que não passam de mitos urbanos. Na verdade deixarmos de fazer uma actividade para crescimento do conhecimento e da cultura da humanidade só pode ajudar a resolver os problemas do mundi. Se o preocupa os recursos alocados “tirarem” da saúde e da alimentação desengane-se. Não há quantidade de recursos que bata a ganância e o ódio no mundo. O mundo é abundante. A ignorância é que cria a excassez

  1. engraçado com “raciocínios simplistas…” o nosso Planeta está como está… Não se preocupem, em breve saberemos… O acontecimentos estudados… apontaram para 2050 +/- seria a meta para reduzir todo o mal que continuamente causamos ao Planeta. Uma das mudanças foi a mudança do tipo de combustível… Mas claro, porque, pagamos mais para andar menos com o combustível, já é motivo para os “raciocínios simplistas…” falarem mais alto, queixando-se… claro, COM TODA A RAZÃO!

    Isto é um exemplo em milhões, que muitos tem feito para mudar esta m*rda e que, MAIOR PARTE (“raciocínios simplistas…”) PENSAM APENAS NA PRÓPRIA BARRIGA…

    Não se preocupem, ISTO NEM CHEGA A 2050, quanto mais pensar que podemos mudar… HAHAHA!

    RIO-ME SEM VONTADE DE RIR, mas como sei que o impossível, não existe para nós, TAMO F*DIDOS!

    Se acham isto “visão curta e raciocínios simplistas”, POR FAVOR DEIXEM O VOSSO MELHOR, ou façam como eu quando virem comentários de m*rda, (apenas para criticar opiniões de outros NUNCA PARA OPINAR MAS PARA OFENDER OU ATACAR OU SEQUER FALAR NEM UMA LETRA SOBRE A NOTICIA OU O ASSUNTO), e nem respondam nada, porque para responder sem debater a questão do assunto aqui descrito, MAIS VALE VOLTAREM A OLHAR PARA AS VOSSAS BARRIGAS!

    Portanto,

    José Valdez 6 Outubro, 2018 at 20:01

    Com uma pequena percentagem do dinheiro que gastam nisto resolviam a maioria dos problemas da terra!

    CONCORDO, MESMO QUE METAFORIZANDO…! Mais complexo que isso, MAS CONCORDO!

    Lucio 6 Outubro, 2018 at 22:39

    verdade irmao estão jogando dinheiro fira e pessoas morrendo de fome aqui!

    CONCORDO 500% !!! Infelizmente os “visão curta e raciocínios simplistas” continuam a fazer m*rda, e nunca chegaremos a lugar nenhum!

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …