Ministro das Infraestruturas quer separar a ferrovia da rodovia

António Cotrim / Lusa

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, pretende separar a ferrovia da rodovia, escreve o jornal Público esta quarta-feira.

De acordo com o matutino, o objetivo passa por acabar com a empresa Infraestruturas de Portugal (IP) que surgiu da fusão da Refer com a Estradas de Portugal.

“Ficámos a saber que existe a ideia de que a fusão foi um erro e que as realidades rodoviárias e ferroviárias são totalmente distintas, tendo ainda o senhor ministro referido que, caso o seu atual mandato tenha continuidade após as eleições de outubro, irá trabalhar no sentido de separar de novo as duas empresas que, após a fusão, deram origem à IP”, refere a Comissão dos Trabalhadores da Infraestruturas de Portugal em comunicado a que o jornal teve acesso.

A Comissão de Trabalhadores da IP manifestou ainda que viu “com agrado a decisão que foi tomada na empresa estatal CP, [de] integração da empresa participada EMEF e [de] reforço de quadros. Esta decisão também não é do agrado de todos, mas havendo vontade política e quem defenda o serviço público conforme ele deve ser defendido, tudo se consegue”, pode ler-se ainda.

Tal como escreve o jornal, foi em 2015 que a IP foi criada de forma, sob a alçada do anterior Governo. A junção da Refer com a Estradas de Portugal não estava prevista no Governo do antigo primeiro-ministro Passos Coelho e não foi uma imposição da troika.

A criação da IP foi sempre contra a vontade dos trabalhados ferroviários que lamentavam que a Refer acabou por ser “absorvida” pela Estradas de Portugal.

O Público escreve ainda que Pedro Nuno Santos pode avançar com a medida de duas formas. A primeira possibilidade passa pela a criação de uma holding IP direcionada às Infraestruturas de Portugal e outra dedicada às infraestruturas rodoviárias (IP Ferrovia e IP Rodovia). Já a segunda hipótese passa pela criação de uma holding CP que acomode uma CP Serviços destinada ao transporte de passageiros e uma CP Infraestrutura. Desta forma, a parte rodoviária ficaria numa empresa própria.

Contudo, o ministro parece mais inclinado para a segunda hipótese, tal como escreve o jornal tendo por base algumas das suas declarações públicas. Pedro Nuno Santos afirmou, recorde-se, que “a CP ainda há-de voltar a ser uma grande empresa”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Definitivamente, as campanhas eleitorais não servem para nada, é só para gastar dinheiro público, ou seja de cada um dos portugueses!
    Quando fui votar, ninguém prometeu a separação da organização da ferrovia com a das autovias?
    Sr. ministro e Sr. Primeiro ministro, tomaram posse só à 25 dias e já estão a alterar o que prometeram na campanha eleitoral?!!

RESPONDER

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …