Ministério Público brasileiro pede prisão efetiva para Lula da Silva

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva

O Ministério Público pediu prisão efetiva para o ex-Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, pelo crime de corrupção passiva qualificada no âmbito do ‘caso triplex’, segundo documentos do processo citados pela imprensa brasileira.

O pedido de prisão efetiva consta em documentos apresentados pelo juiz Sergio Moro e corresponde a um processo penal em que Lula da Silva é acusado de ocultar património e outros delitos relacionados com um apartamento que seria sua propriedade, mas que aparece registado em nome de um empresário que teria servido como ‘testa de ferro’.

O apartamento, um triplex situado na zona balnear de Guarujá, no litoral de São Paulo, está registado em nome da empresa OAS, uma das construtoras envolvidas no caso da petrolífera estatal brasileira Petrobras.

Lula da Silva, Presidente do Brasil entre 2003 e 2011, é ainda acusado em quatro outros casos, mas o processo do apartamento em Guarujá é o mais avançado e a sentença deverá ser anunciada no início do mês de julho.

Por sua vez, o ex-Presidente brasileiro recusa as acusações, sublinhando que não é proprietário do apartamento, e alega ser vitima de uma “perseguição judicial” para evitar que não concorra às eleições presidências marcadas para outubro de 2018.

Mas o Ministério Público argumenta que há “provas robustas” contra Lula da Silva e pede também a prisão efetiva para o presidente da empresa de construção OEA, Leo Pinheiro, e cinco ex-diretores da empresa.

Em causa está o alegado recebimento de subornos por Luiz Inácio Lula da Silva no valor global de um milhão de euros.

Neste processo, o primeiro em que Lula da Silva é arguido entre as ações penais baseadas nas investigações dos crimes cometidos na petrolífera estatal Petrobras e outros órgãos públicos, o ex-Presidente é acusado de corrupção e prática de branqueamento de capitais.

O Ministério Público diz que Lula da Silva cometeu os crimes ao receber um apartamento de luxo na cidade do Guarujá, litoral de São Paulo, e o pagamento de despesas de armazenamento de objetos que ganhou quando era presidente da construtora OAS para, em troca, favorecer contratos desta empresa com a Petrobras.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que ridículo, o apartamento não está em nome de Lula e ele nunca o habitou. Com Dilma inventaram as pedaladas fiscais como se fosse crime e com Lula inventam o Triplex. A Democracia no Brasil é uma farsa, não está consolidada e por isso vê-se esta perseguição política a Dilma e a Lula que só é possível em Repúblicas de Bananas.

RESPONDER

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …

Durante uma semana, Lisboa vai ter passe de transportes a 10 euros

Os transportes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) vão ter no mês de abril um passe com o preço de 10 euros e validade de sete dias para assegurar o período transitório da implementação do …