Foram encontrados microplásticos num dos animais mais isolados da Terra

Christopher Michel / Wikimedia

Ilha do Rei George, a cerca de 120 quilómetros da Península Antártica

Cientistas detetaram microplásticos no corpo de um dos animais mais isolados da Terra: uma pequena criatura que vive numa remota ilha da Antártida.

De acordo com a revista Newsweek, o estudo foca-se num grande pedaço de espuma de poliestireno encontrado, em 2016, nas margens da Ilha do Rei George, a cerca de 120 quilómetros da Península Antártica.

Este pedaço de plástico estava coberto de algas, musgos e líquenes, que fornecem alimento aos Cryptopygus antarcticus, uma espécie de colêmbolo encontrada na Antártida e na Austrália que mede entre um a dois milímetros de comprimento e pesa apenas alguns microgramas.

Os cientistas, cujo estudo foi publicado na revista científica Royal Society Biology Letters, analisaram os colêmbolos que encontraram nesta espuma plástica usando uma técnica chamada espectroscopia de infravermelho.

Esta técnica revelou a presença de pequenos fragmentos de poliestireno que mediam menos de 100 micrómetros de diâmetro – aproximadamente a largura de um fio de cabelo – no intestino deste animal.

Segundo a mesma revista, esta é uma descoberta importante, uma vez que se trata da primeira evidência com base no trabalho de campo de que os microplásticos contaminaram os animais terrestres antárticos, tendo entrado na cadeia alimentar de uma das partes mais remotas do planeta Terra.

Tal como acontece com outros animais, os microplásticos apresentam riscos para os colêmbolos. Estudos anteriores sobre outras espécies desta ordem noutros lugares do mundo indicaram que a exposição a estas minúsculas partículas de plástico podem levar a alterações no seu crescimento e na sua reprodução.

Além disso, os microplásticos também podem subir na cadeia alimentar da Antártida, pois os colêmbolos são comidos por animais maiores que, por sua vez, também são consumidos por outros animais e assim sucessivamente. Isto significa que os microplásticos podem acumular-se na cadeia alimentar, com riscos potenciais para todo o ecossistema.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ou então foi algum cientista radical que colocou lá o plástico , a comunidade científica perdeu toda a credibilidade ao ter sido politizada em que mtas vezes se contradiz

    • Cientista radical?!
      Hahahaaaa….
      A ciência não é uma crença – como as religiões, em que os ovelhas tem acreditar cegamente no que um palerma qualquer diz!

      • É sim. A ciência é a religião dos tempos modernos.
        Praticamente tudo o que a ciência diz não passa de teorias, especulações e simulações feitas em computador. As certezas são muito poucas. Hoje têm uma verdade e amanhã terão outra. E andam por aí muitas ovelhas a acreditar cegamente no que um palerma qualquer diz.

  2. Quando as nano partículas entram na corrente sanguínea e tropeçam na paredes dos vasos e ali ficam, provocam cancer.
    É preciso apanhá-lo e colocá-los em sítio próprio, antes o sol transformar em nano.

  3. Infelizmente é o legado que deixamos ao planeta. Não vivemos sem o plástico por muito mal que faça ao planeta.

    Felizmente para a vida na terra, há também animais que se adaptam e inclusive são capazes de usar plásticos como fonte de alimento, como é o caso de algumas bactérias.

RESPONDER

Primeira volta das eleições regionais em França marcada por abstenção recorde

Entre 66% e 68% dos franceses não foram às urnas para votar na primeira volta das eleições regionais e departamentais, numa disputa que foi favorável ao centro-direita, enfraqueceu a extrema-direita e mostrou as fraquezas do …

Benfica estuda contratação de Guendouzi para motor do meio-campo

Mattéo Guendouzi, internacional sub-21 francês que esta época esteve emprestado Hertha pelo Arsenal, está a ser sondado para o meio-campo benfiquista. O Benfica continua a tentar perceber qual é o melhor reforço para o meio-campo, cobrindo …

Ousmane Dembélé

França com baixa de peso (e há quem peça "a equipa B contra Portugal")

A Selecção francesa não vai poder contar com Ousmane Dembélé para o jogo de quarta-feira contra Portugal, no encerramento da fase de grupos do Euro 2020. Uma lesão tira o avançado do Barcelona do torneio. O …

Portugal regista recorde de alunos estrangeiros no Ensino Superior

A procura de alunos estrangeiros por instituições de Ensino Superior portuguesas atingiu o valor mais alto de sempre: 3.483 candidaturas feitas por estudantes internacionais até 31 de maio. Os dados são avançados pelo Ministério da Ciência, …

FC Porto já tem acordo por Kim Min-jae

O FC Porto já chegou a acordo com o Beijing Guoan para a contratação de Kim Min-jae, defesa-central de 24 anos. O sul-coreano é treinado por Paulo Bento na seleção e já andava sob a mira …

Única central nuclear iraniana suspende atividade após situação de emergência

A única central nuclear do Irão registou, este domingo, uma situação de emergência temporária que implicou a suspensão da sua atividade e por motivos ainda inexplicáveis, informou a televisão estatal. Um responsável da empresa elétrica estatal …

Forças Armadas com mais 252 operacionais prontos para apoiar no combate à pandemia

As Forças Armadas têm 252 militares prontos para ajudar no combate à pandemia, dos quais mais de metade para apoiar a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT). Atualmente, esta é a …

UEFA investiga incidentes discriminatórios no Hungria-Portugal

A UEFA anunciou ter aberto um inquérito para apurar “eventuais incidentes discriminatórios” nos jogos da Hungria, no Euro 2020 de futebol, com Portugal (0-3) e França (1-1), disputados na Arena Puskás, em Budapeste. De acordo com …

Financiamento da TAP travado em Bruxelas

O plano de reestruturação da TAP, que prevê injetar na empresa até 3,72 mil milhões de euros até 2024, continua à espera de uma resposta de Bruxelas. O Governo esperava obter luz verde de Bruxelas em …

Jogos Olímpicos vão poder ter até 10 mil japoneses nas bancadas

As autoridades japonesas decidiram permitir que até 10 mil espetadores possam assistir aos eventos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas bancadas, mesmo reservando o direito de reverter a decisão. Segundo o anúncio dos organizadores, as autoridades …