Meteorito antigo é a primeira prova da convecção vulcânica em Marte

ESA / DLR / FU Berlin

Imagem captada no dia 1 de janeiro de 2018 pela Câmara de Alta Resolução da Mars Express da ESA

Os cientistas pensaram, durante vários anos, que Marte estava morto. No entanto, várias evidências começaram a sugerir que o Planeta Vermelho é vulcânica e geologicamente ativo.

A ideia de que Marte era um planeta vulcanicamente ativo acaba de se tornar ainda mais real. Um meteorito, que se formou nas profundezas do Planeta Vermelho, acaba de fornecer a primeira prova química de convecção de magma dentro do manto marciano.

Os cristais de olivina encontrados no meteorito de Tissint podem ter-se formado devido a mudanças de temperatura, enquanto o material era “remexido” por correntes de convecção do magma. Os cientistas dizem que isto prova que Marte era vulcanicamente ativo quando os cristais se formaram, entre 574 e 583 milhões de anos atrás.

Nicola Mari, geólogo da Universidade de Glasgow, na Escócia, explica que este estudo, cujo artigo científico foi recentemente publicado na Meteoritics & Planetary Science, prova a existência de atividade no interior deste planeta de um ponto de vista puramente químico.

A olivina, que se forma quando o magma arrefece, é um dos minerais mais abundantes na crosta terrestre e muito comum em meteoritos.

O cientista explica que, na câmara de magma onde os cristais do meteorito de Tissint se formaram, “a corrente de convecção era tão vigorosa que as olivinas foram arrastadas do fundo da câmara (a região mais quente) para o topo (a mais fria) muito rapidamente. A taxa de arrefecimentos das olivinas variava entre 15 a 30ºC por hora“.

Ao Science Alert, Mari disse acreditar que “Marte ainda pode ser um mundo vulcanicamente ativo, e estes resultados apontam para isso mesmo“. “Podemos não ver uma erupção vulcânica em Marte nos próximos cinco milhões de anos, mas isso não significa que o planeta esteja inativo. Pode só significar que o tempo entre as erupções em Marte e na Terra é diferente.”

Os traços de níquel e cobalto encontrados nos cristais sugerem que se formaram a uma profundidade entre 40 e 80 quilómetros sob a crosta de Marte. Com estes dados, os cientistas podem calcular a pressão sob a qual os cristais se formaram, e, consequentemente, a temperatura do manto de Marte na época – estimada em 1.560ºC.

Esta temperatura é muito semelhante à do manto da Terra, entre 4 e 2,5 mil milhões de anos atrás, estimada em 1.650ºC. Este detalhe dá força à teoria de que Marte pode ser vulcanicamente ativo. Ainda assim, serão necessárias mais pesquisas para corroborar esta hipótese.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …