Metade da população mundial vive em 1% do território do planeta

indyrandhawa / Flickr

Saigão, Vietname

Um empreendedor, trader e antigo analista de risco de Nova Iorque, fascinado pela ciência (ou arte) emergente da data visualization, criou um mapa da distribuição da população humana no planeta e chegou a um resultado inesperado.

A imagem obtida pelo analista revela um fato chocante: metade dos 7,3 mil milhões de habitantes da Terra vivem nas regiões amarelas assinaladas no mapa, enquanto as restantes se espalham pelo vasto território a preto.

Os dados foram compilados pelo empreendedor nova-iorquino Max Galka, que usou informações publicadas pela agência espacial norte-americana NASA.

O resultado mostra que metade da população mundial se amontoa em apenas 1% do espaço terrestre do mundo, enquanto a outra metade ocupa os restantes 99% do planeta.

A população é geralmente dividida em regiões geográficas, como países, estados e cidades.

Mas Galka usou os dados obtidos para criar um mapa que distribui toda a população mundial numa grelha de pequenas “células”, na qual as fronteiras administrativas se tornam irrelevantes.

A grelha em que o mapa se baseia tem um total de 28 milhões de células, medindo cada uma aproximadamente 4,8 km por 4,8 km.

Max Galka / Metrocosm

Distribuição da população mundial. A amarelo, metade da população mundial.

Distribuição da população mundial. A amarelo, metade da população mundial.

“A região amarela no mapa inclui todas as células com uma população de 8.000 ou mais pessoas”, explica Galka à Metrocosm.

“Uma vez que cada uma delas tem uma área de cerca de 14 km², a densidade populacional de cada célula amarela é, pelo menos, de 900 pessoas por 1,6 km²”, acrescenta o analista.

“Por outro lado, a região preta é constituída por células com populações de menos que 8.000 pessoas. Ou seja, a densidade populacional em toda a área preta é menos de 900 pessoas por 1,6 km²”, conclui Galka.

A maior parte da região amarela está localizada na Índia, Bangladesh e China, onde quase metade da população do mundo está localizada. Nestes 3 países vive 46% da população mundial.

A amarela ilha de Java, na Indonésia, com aproximadamente o mesmo tamanho do estado de Nova York, nos EUA, contém uma população de 140 milhões, tornando-se a ilha mais populosa do mundo.

O Japão, uma região amarela um pouco mais fraca nas proximidades, é a segunda ilha mais habitada do mundo, encaixando 37 milhões de pessoas em Tóquio, a cidade mais populosa do mundo.

Mas nenhuma destas regiões contêm a célula mais povoada do mapa.

“Em todo o mundo, a célula com a maior população está localizada no Cairo”, diz Galka.

“A área, que mede apenas 14,4 quilómetros quadrados, é o lar de mais de um milhão de pessoas”.

Se a população mundial realmente ultrapassar os 11 mil milhões até ao ano de 2100, e se, como previsto, o maior crescimento ocorrer em África, não se poderá dizer que não temos espaço suficiente para acomodar todo mundo.

Mas, com as melhores e mais habitáveis regiões já verdadeiramente abarrotadas, espalhar a população crescente pela área preta não vai ser fácil.

Contudo, tal poderia revelar-se mais simples do que querer colonizar Marte, por exemplo.

HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica vs AEK | Grimaldo de luxo no adeus à Champions

O Benfica fechou a sua participação no Grupo E da Liga dos Campeões com uma vitória, a segunda da temporada no adeus à prova, e frente ao mesmo adversário com que alcançara o primeiro triunfo, …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade alemã

Um "rio" de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, nesta segunda-feira. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade que …

Formações rochosas ancestrais destruídas no Utah. Vandalismo ou fraude?

Misteriosos vídeos apareceram recentemente na Internet que mostram formações rochosas antigas protegidas no deserto do Utah a ser destruídas com explosivos. Os vídeos levantam mais perguntas do que dão respostas. Num primeiro, vê-se um arco rochoso …

Bruno de Carvalho foi a personalidade portuguesa mais pesquisada no Google em 2018

O futebol liderou as pesquisas no Google em 2018. Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, foi a personalidade portuguesa mais pesquisada. Entretanto, a palavra mais pesquisada por portugueses foi "Mundial". Destituído da liderança do Sporting e …

McDonalds vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem adaptar-se e tornar-se resistentes. Quando se trata de reduzir o …

Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas …

Espanha anuncia aumento do salário mínimo para 900 euros

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a subida de 22% no salário mínimo - de 735,90 para 900 euros. Num discurso no parlamento espanhol, Pedro Sánchez sublinhou que a subida será de 22%, a maior desde …

Ex-advogado de Trump condenado a três anos de prisão

Michael Cohen, antigo advogado do Presidente norte-americano, foi esta quarta-feira condenado a três anos de prisão. Esta é a sentença mais pesada já atribuída nos processos saídos das investigações sobre as suspeitas de interferência da …

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …