Merkel exorta Europa a defender valores da democracia e liberdade

Hayoung Jeon / EPA

A chanceler Angela Merkel nas celebrações do 30.º aniversário da queda do muro de Berlim

A chanceler alemã exortou a Europa, este sábado, a defender os valores fundamentais da “democracia e liberdade” durante as comemorações do 30.º aniversário da queda do Muro de Berlim.

“Os valores subjacentes à Europa, liberdade, democracia, igualdade, Estado de direito e preservação dos Direitos Humanos não são óbvios” e “devem ser sempre defendidos”, disse Angela Merkel na Capela da Reconciliação, um dos locais de memória da divisão, com um muro, da cidade de Berlim, que durou desde agosto de 1961 a 9 de novembro de 1989, separando o lado democrático do lado comunista.

“No futuro é necessário que se empenhem” para defender os valores da Europa, disse Merkel na ocasião, considerando que o modelo de democracia liberal é cada vez mais posto em causa no mundo, mas também em certa medida no continente europeu.

Alguns países da Europa Oriental, como Hungria ou Polónia, pioneiros na luta contra a ditadura comunista na década de 1980, são atualmente acusados pela União Europeia de não respeitarem totalmente as regras do Estado de direito.

O Chefe de Estado alemão, Frank-Walter Steinmeier, na intervenção que fez e onde estavam presentes os presidentes da Polónia, Hungria, República Checa e Eslováquia, quatro países que estiveram sob regimes comunistas e depois envolvidos no fim da “cortina de ferro”, disse que “a democracia liberal está a ser contestada e posta em causa”.

“O 9 de novembro recorda-nos que é preciso lutar contra o ódio, racismo e o antissemitismo”, disse ainda Steinmeier na cerimónia de comemoração da queda do Muro de Berlim, que na Alemanha coincide com a Noite de Cristal de 1938, na qual as sinagogas neste país europeu foram queimadas pelos nazis.

A queda do Muro de Berlim deu-se depois de uma ‘revolução pacífica’ e as imagens dos alemães ocidentais e orientais exultando de alegria e abraçando-se circularam por todo o mundo.

A Alemanha lembra hoje os 30 anos da queda do muro com diversas iniciativas. A nível político, o Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, recebeu em Berlim os seus homólogos da Polónia, República Checa, Eslováquia e Hungria, para comemorar a queda do muro e “a contribuição dos Estados da Europa central para a revolução pacífica” na ex-República Democrática Alemã, segundo anunciou recentemente a Presidência alemã.

As Portas de Brandeburgo — símbolo de divisão histórica da Alemanha, que se tornou símbolo de liberdade — é o palco do epicentro das comemorações dos 30 anos da queda do muro de Berlim, com um espetáculo multimédia que recorda os eventos do dia 9 de novembro de 1989.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …

"Avante!". Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde. Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre …

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …

"Crocodilo do terror" tinha dentes do tamanho de bananas e comia dinossauros

Um novo estudo descobriu um grupo de crocodilos antigos que tinham cerca de 10 metros de comprimento e dentes "do tamanho de bananas", que lhes permitiam derrubar até os maiores dinossauros do seu ecossistema. De acordo com …