NASA selecionou as melhores casas para colonizar o Planeta Vermelho

Se o Homem conseguir colonizar Marte, terá já bons projetos para construir “casas” em solo marciano. A NASA selecionou três finalistas de um concurso que pretendia encontrar os melhores projetos para fabricar habitáculos impressos em 3D para futuras colónias no Planeta Vermelho.

As equipas que participaram no “3D-Printed Habitat Challenge” da NASA completaram o último nível da competição que implicou a construção virtual do projeto na sua totalidade. Os três finalistas partilharam em partes iguais um prémio de 100.000 dólares.

A última etapa da competição exigia às equipas concorrentes que criassem um projeto de habitat para Marte em grande escala, recorrendo a software de modelagem.

A concurso foram onze propostas que foram depois classificadas e premiadas de acordo com uma série de critérios: projeto arquitetónico, programação, uso eficiente do espaço interno e escalabilidade da impressão 3D e capacidade de construção do habitat.

As equipas preparam também pequenos vídeos “promocionais” dos seus projetos, nos quais forneciam mais informações sobre o protótipo, bem como modelos em miniatura impressos em três dimensões que foram propositadamente separados para mostrar o design dos interiores. Os júris atribuíram ainda pontos tendo e conta a representação estética e o realismo do projeto apresentado.

Após uma avaliação inicial que contou com um painel de jurados, a NASA e o seu parceiro neste concurso, a Universidade Bradley de Peoria, no estado norte-americano de Illinois, escolheram os três melhores projetos.

O grande vencedor foi a Team SEArch + / Apis Cor, da cidade de Nova Iorque. O comunicado da NASA revela que o modelo construído por esta equipa permite a entrada de luz nas laterais e no topo da casa através das portas em forma de canal.

Do Arkansas surgiu a equipa Zopherus, que arrecadou o segundo lugar. O projeto da equipa seria construído por uma impressora itinerante autónoma que seria capaz de imprimir uma estrutura, passando depois para o próximo local de construção.

Mars Incubator, de Connecticut, levou o terceiro lugar. A equipa apresentou um projeto com um aspeto modular para o alojamento espacial, permitindo também que a “casa” recebesse uma grande quantidade de luz.

As três equipas passam à próxima fase que se disputa entre 1 a 4 de maio deste ano e que culminará com uma estrutura em sub-escala impressa frente-a-frente. A equipa que conseguir a melhor “casa” marciana ganhará 800.000 mil dólares.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …