Fezes de veado e chinelos de pombo. Médicos do século XVII receitavam “curas” para cônjuges adúlteros

Cônjuges adúlteros, doenças venéreas e demónios preenchem as páginas de dois recém-digitalizados livros astrológicos com 400 anos de idade.

Os livros pertenceram ao astuto astrólogo e curandeiro Simon Forman, que viveu entre 1552 e 1611 na Inglaterra, e o seu protegido, Richard Napier. Forman e Napier eram astrólogos, um papel que incluía a prestação de cuidados de saúde no início do período moderno.

“Entendeu-se que os movimentos celestes influenciavam as vidas humanas e corpos através de raios ocultos, assim como aceitamos que a lua afeta as marés”, disse Lauren Kassell, historiadora da Universidade de Cambridge, num artigo que acompanha a publicação online. “Astrólogos como Forman entenderam como as forças funcionavam.”

Os indivíduos ofereciam curas aos aflitos que podiam variar de sangria a “chinelos de pombo” – ou um pombo inteiro com um fenda aberta usado em cada pé.

Forman nasceu em Wiltshire e estudou astrologia e medicina na Universidade de Oxford. Sobreviveu à peste em 1592, o que reforçou a sua reputação como curandeiro. Seis anos de anotações do caso de Forman, tomadas entre 1596 e 1603, sobreviveram. Agora, todas as notas, constituindo 80 mil casos, estão disponíveis online.

Os livros são pesquisáveis ​​por data, praticante, sintomas do paciente e outros fatores, alguns relacionados aos traços de personalidade mais desagradáveis ​​de Forman – como a tendência de se envolver com os seus pacientes.

Forman era um narcisista desagradável, disse Kassell ao Live Science. O astrólogo frequentemente tentava seduzir os seus pacientes e pouco do seu trabalho resiste às noções modernas de ética médica.

Christian Köhler / Wikimedia

“Otelo com a sua mulher adormecida”, de Christian Köhler (1859)

Mas as anotações são um tesouro de informações sobre as preocupações médicas e pessoais típicas da época. Alguns são trágicos, como é o caso de Alice Woodward, de 38 anos, de Stoke Hammond, que Napier atendeu devido à sua oitava gravidez. Todas as gravidezes prévias de Woodward, com exceção de uma, tinham terminado em nado-mortos ela temia a feitiçaria.

Outros casos apresentam contos sórdidos. John Wilkingson, de 28 anos, de Olney, veio a Napier com um caso de gonorreia, que o homem passou a uma mulher casada. Wilkingson, descrito por Napier como “uma pessoa imunda”, também urinava sangue urinar devido a uma lesão na uretra.

As doenças venéreas também pareciam estar difundidas, com muitos casos falando sobre o que foi chamado de “doença francesa”, de acordo com a BBC. Um paciente que sofria de “varíola, com furúnculos e comichão” foi prescrito uma combinação incluindo rosas, violetas, caranguejos cozidos e fezes de veado.

(dr) Wellcome Collection

Simon Forman nasceu em Wiltshire e estudou astrologia e medicina na Universidade de Oxford

Forman e Napier consultaram mapas astrológicos em busca de respostas para os seus pacientes e também prescreviam “tratamentos” no momento. De acordo com o arquivo, a sangria era uma opção comum, embora o par também prescrevesse remédios à base de plantas, incluindo o tabaco.

Alguns tratamentos eram particularmente desagradáveis, incluindo a ingestão do crânio em pó de um homem morto ou o toque da mão de um homem morto. Em vários casos, os astrólogos recomendaram que a pessoa afligida cortasse os corpos de dois pombos e usasse as carcaças em cada pé. Muitos dos tratamentos eram tóxicos, incluindo compostos que continham mercúrio.

Muitas das doenças trazidas a Napier e Forman não eram físicas, mas mentais. Em 168 casos, os pacientes eram suicidas ou tinham morrido por suicídio. Às vezes, os problemas eram atribuídos a bruxaria ou demónios.

Forman foi banido da prática médica pela Companhia de Cirurgiões-barbeiros e fez algumas passagens na prisão por negligência médica antes de recuperar a licença para praticar medicina na Universidade de Cambridge. Morreu em 1611, deixando para trás uma série de anotações rabiscadas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …