Matemática prova que é possível viajar no tempo

Com a tecnologia e conhecimento atuais, não é possível viajar no tempo. No entanto, este pressuposto não impede os cientistas de desenhar teorias sobre como tornar estas viagens reais.

Dois matemáticos afirmam que a inconsistência lógica que se pensa estar no coração da viagem no tempo não existe e que é teoricamente possível viajar no tempo. O artigo científico foi recentemente publicado na Classical and Quantum Gravity.

Uma proposta apresentada pelos especialistas seria considerar um passado imutável, onde a pessoa que viaja no tempo é, de alguma forma, impedida de realizar ações que possam resultar num paradoxo, ou seja, não tem livre arbítrio.

Germain Tobar, um estudante de física da Universidade de Queensland, na Austrália, garante ter chegado a um modelo matemático que resolve o problema: segundo Tobar, o espaço-tempo pode adaptar-se para evitar este tipo de paradoxos.

O investigador Fábio Costa supervisionou a pesquisa e garante que os cálculos podem ter consequências “fascinantes” para a Ciência. “A matemática é sólida e os resultados parecem coisa de ficção científica.”

“Digamos que alguém viajou no tempo, numa tentativa de impedir que o paciente zero da covid-19 seja exposto ao vírus. Se essa pessoa não pudesse impedir que aquele indivíduo fosse infetado, isso eliminaria a motivação para regressar no tempo e pôr um ponto final na pandemia que hoje vivemos”, explicou, citado pelo IFL Science.

Com este novo modelo, “a pessoa que viaja no tempo pode tentar impedir que o paciente zero seja infetado, mas, ao fazê-lo, ela própria irá contrair o vírus e, como consequência, tonar-se-á no paciente zero”. Há também a possibilidade de um terceiro interveniente se tornar o paciente zero, o que significa que “os eventos importantes seriam recalibrados”.

“Isto significaria que, independentemente das suas ações, a pandemia ocorreria, dando ao seu eu mais jovem a motivação para voltar atrás e detê-la. Por mais que tente criar um paradoxo, os acontecimentos sempre se ajustarão, para evitar qualquer inconsistência”, acrescentou o investigador.

Para Tobar, “a gama de processos matemáticos que descobrimos mostra que a viagem no tempo como livre arbítrio é logicamente possível no nosso Universo, sem qualquer paradoxo”.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse possível regressar atrás no tempo, seria somente como espetador. Tudo iria parecer um filme e os eventos não poderiam ser alterados, nem poderia haver qualquer tipo de interação entre o viajante e o mundo em redor. Basicamente seria como visualizar uma gravação antiga em vídeo, mas possívelmente em realidade aumentada. Não vai parecer tão fascinante como a ideia romântica que temos atualmente das viagens no tempo mas será importante para constatar alguns factos e fazer certas descobertas de eventos históricos ou pessoas de relevo.

  2. Então basicamente o que o Tomar descobriu, foi que a teoria de viagem no tempo aplicada no “Steins;Gate” é a teoria certa.

  3. As teorias das viagens são um tanto rebocadas, visto que sejamos coerentes, aquilo a chamamos tempo em parte nem sequer “existe” do tipo: 1 unidade de “tempo” = X de movimento quântico. Ou seja aquilo a que chamamos tempo é apenas o que associamos ao movimento das coisas…

  4. Muito interessante… A matemática também prova a existência de uma quarta e quinta(e até mais) dimensões e daí? Alguém já experimentou viver em quatro ou cinco dimensões?? Mas em modo sátira, claro que é possível viajar no tempo. É só andar á volta do planeta a uma velocidade superior ao movimento de rotação, como fazia o Super Homem.

  5. As teorias de ficção são muito estimulantes para a mente humana, desde que sejam razoáveis, ainda que possam conter sentido metafísico.
    A mente limitada da física será uma sala de espelhos onde essa mesma realidade se baseia no observador, segundo a teoria de Eisenberg.
    Assim, cada novo espelho introduzido na sala, vai alterar a realidade e criar uma nova dimensão temporal. O que quer dizer um multiverso dentro do universo duma grande mente universal.
    Mente esta, que antecipa toda a matéria criada pelas quatro forças actualmente identificadas.

  6. Para isso não é preciso viajares no tempo!, basta fazeres as malas e fazeres t à vida!, não dês a desculpa do país para justificar a tua falta de sucesso e se calhar até a vontade d não fazer nada e querer tudo é descarregar ódio em tudo o q podes! O país não tem culpa nenhuma, as pessoas q só falam, falam e não fazem nada é q têm!

RESPONDER

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …