Marinheiros russos condenados na Grécia a 395 anos de prisão por tráfico humano

Dois marinheiros russos foram condenados a 395 anos de prisão na Grécia por tráfico de migrantes. O Ministério das Relações Externas da Rússia estima que o país mantém 24 marinheiros russos sob custódia.

Segundo informou o RBC, citado pelo Moscow Times, os marinheiros alegaram que foram inicialmente contratados para rebocar iates, tendo sido ameaçados quando se opuseram ao tráfico de pessoas, disse ao RBC o ativista de direitos humanos Ivan Melnikov. A Interfax identificou os dois homens como Alexander Illarionov e Andrei Zhuravlyov.

De acordo com Ivan Melnikov, vice-presidente da filial russa do Comité Internacional de Defesa dos Direitos Humanos, um tribunal grego considerou os dois marinheiros russos culpados de organizar migração ilegal.

Os dois homens foram detidos em novembro de 2019 e fazem parte do grupo de 14 marinheiros russos detidos na Grécia naquele mês.

Dois outros marinheiros de nacionalidade russa foram também condenados a 395 anos de prisão por acusações de tráfico na Grécia, informou a Interfax, sem especificar os seus nomes ou a data do veredito. Contudo, um relatório de 14 de novembro refere-se a esses dois marinheiros pelos apelidos Malenkov e Belenko.

O ativista Ivan Melnikov indicou ao RBC que os marinheiros russos aceitaram o trabalho em causa devido a dificuldades financeiras e à necessidade de ajudar familiares que se encontravam doentes.

Um relatório do Ministério das Relações Externas da Rússia, de novembro de 2019, revelou, que a Grécia mantinha 24 marinheiros russos sob custódia, enquanto a Itália – outro destino de tráfico de migrantes – mantinha 23.

Mais de um milhão de migrantes e refugiados fugiram do conflito e da pobreza no Médio Oriente e em África no auge da crise europeia de refugiados, em 2015. Os números caíram significativamente depois que a Turquia, principal ponto de partida, chegou a um acordo com a União Europeia para conter o fluxo de pessoas.

Em agosto de 2019, mais de uma dúzia de barcos migrantes desembarcaram na Grécia na primeira chegada em massa de migrantes da Turquia em três anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …

Trabalhistas lideram primeira sondagem desde que Boris chegou ao poder

O partido do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, situa-se hoje, pela primeira vez desde que chegou ao poder, atrás da oposição trabalhista nas intensões de voto, o que estará relacionado com a gestão da crise pandémica, …