Marca de roupa fez camisolas com buracos de balas e nomes de escolas onde houve tiroteios

Uma marca fez camisolas com nomes de escolas dos EUA onde houve tiroteios e todas têm buracos, como se fossem de balas. Familiares de vítimas revoltaram-se.

A marca de roupa Bstroy, conta o Observador, fez um desfile de moda no fim-de-semana passado onde modelos mostraram as suas novas camisolas, onde figuram os nomes de escolas norte-americanas onde houve tiroteios em massa.

Em torno do nome de cada uma das escolas representadas naquelas camisolas estão buracos de bala, em alusão aos tiroteios em massa que fizeram várias dezenas de mortos ao longo dos últimos anos.

Ao todo, são três camisolas: uma onde se lê “Columbine”, em referência ao liceu com o mesmo nome, onde dois estudantes mataram 13 colegas em 1999; outra camisola que diz “Virginia Tech”, a universidade onde foram mortas 32 pessoas a tiro em 2007; uma terceira com referência a “Sandy Hook”, a escola primária no Connecticut onde foram mortas 26 pessoas, entre elas 20 crianças; e uma última para “Stoneman Douglas”, o liceu da Flórida onde um aluno matou 17 colegas a tiro, em 2018.

As camisolas chamaram a atenção de várias pessoas quando foram colocadas fotografias do desfile no Instagram da marca, acabando por receber várias críticas, incluindo de sobreviventes dos tiroteios em questão ou de familiares e amigos das vítimas mortais.

“A minha sobrinha de 14 anos era uma fashionista e foi assassinada em Parkland”, escreveu Shawn M. Sherlock, em alusão ao tiroteio do liceu Stoneman Douglas, na Flórida. “Ela era uma ilustradora profissional e queria ser designer de moda como tu. Devias ter vergonha de te aproveitares da sua morte para fazeres dinheiro”. Na fotografia que acompanhou o post, Shawn M. Sherlock aparece com um vestido desenhado pela sobrinha, referindo que o envergava “com orgulho”.

Já Fred Guttenberg, cuja filha também morreu no tiroteio da escola de Stoneman Douglas, na Flórida, escreveu no Twitter: “Como é que alguém poderia achar que isto era uma boa ideia? Isto deixa-me tão chateado. Se algum dos meus seguidores conhecer alguém ligada a esta marca de roupa, por favor peçam-lhes para pararem imediatamente”.

Também houve críticas por parte de uma página de homenagem a Vicki Soto, uma professora da escola primária de Sandy Hook que morreu enquanto tentava proteger os seus alunos durante o tiroteio. “Isto é absolutamente horroroso. Uma empresa aligeira a nossa dor e a de outros pela moda. Vender camisolas com o nosso nome e com buracos de balas. Inacreditável”, lê-se naquela página de Twitter.

A empresa emitiu um comunicado onde rejeitou a ideia de querer aproveitar-se dos tiroteios em causa. “Queríamos fazer um comentário sobre a violência com armas e o tipo de violência com armas que precisa de atenção preventiva e quais são as suas origens. Tudo isso, ao mesmo tempo que damos força aos sobreviventes da tragédia através de storytelling nas roupas”, lê-se naquele comunicado.

No mesmo texto, a Bstroy refere que as camisolas foram utilizadas apenas no desfile e que não foram vendidas. Essa era, de resto, a intenção inicial, estando de fora a hipótese de estas virem a ser vendidas. “Mas isso agora pode mudar”, informa o comunicado.

Já em 2014, a Urban Outfitters pôs à venda camisolas com o logo da Kent State University e tingida a vermelho, de maneira a parecer sangue. Aquela universidade foi, em 1970, palco de uma sangrenta manifestação contra a guerra no Vietname. O protesto foi então reprimido pela Guarda Nacional do Ohio, que matou quatro pessoas e feriu outras nove.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A Terra está prestes a capturar uma nova mini-lua. Ficará por cá meio ano

A Terra está prestes a capturar uma mini-lua, que os astrónomos acreditam que ficará presa na gravidade do nosso planeta durante cerca de meio ano. Entende-se por mini-lua um objeto de pequenas dimensões que é …

Cientistas medem, pela primeira vez, a distância até um magnetar na Via Láctea

Com a ajuda do observatório Very Long Baseline Array (VLBA), uma equipa de astrónomos conseguiu medir, pela primeira vez, a distância até ao magnetar XTE J1810-197, localizado na Via Láctea.  Os magnetares são um tipo de …

Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas. De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, …

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na bíblia

Os textos da bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …