/

Manchester United perdeu em casa (e não adiantou faltar às aulas)

Primeira derrota “interna” do United, num jogo que não contou com Cristiano Ronaldo. No duelo entre treinadores portugueses, Nuno venceu Lage.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Houve encontro entre treinadores portugueses na terceira ronda da Taça da Liga inglesa. O Tottenham, de Nuno Espírito Santo, foi ao recinto do Wolverhampton, de Bruno Lage, ganhar após as grandes penalidades.

Na equipa da casa Rúben Neves, Daniel Podence e Fábio Silva foram titulares, enquanto Nélson Semedo e João Moutinho entraram perto do final – Moutinho ainda marcou uma das grandes penalidades. Trincão não entrou.

O Tottenham estava a ganhar por 2-0 aos 23 minutos, graças aos golos de Ndombélé e de Harry Kane. Dendoncker reduziu antes do intervalo e, na segunda parte, Podence apontou o 2-2.

No desempate, só Hwang e Moutinho conseguiram o golo para o Wolverhampton (Neves falhou) e o Tottenham ganhou por 3-2.

Nos oitavos-de-final Nuno Espírito Santo vai deslocar-se ao terreno do Burnley.

Outros resultados e Cristiano “não joga sempre”

Entre os outros desfechos desta quarta-feira, destaque para a derrota do Manchester United em casa: 0-1 contra o West Ham. Lanzini foi o autor do único golo, aos oito minutos.

Foi a segunda derrota do United em cerca de uma semana, depois do desaire (2-1) na Liga dos Campeões contra o Young Boys. E foi a primeira derrota em competições internas nesta temporada – ainda não perdeu na Premier League.

Diogo Dalot foi titular, Bruno Fernandes entrou a 20 minutos do fim e Cristiano Ronaldo não foi convocado.

O treinador Solskjaer falou sobre essa opção: “Ronaldo chegou e fez a diferença mas, obviamente, a temporada vai ser muito longa. Ele quer jogar sempre mas acho que isso não é possível“.

PUBLICIDADE

Desiludido terá ficado este jovem adepto, que faltou às aulas para ver Cristiano Ronaldo a jogar:

Cédric e Nuno Tavares foram titulares e o Arsenal venceu tranquilamente o Wimbledon por 3-0.

Também em Londres, o campeão europeu Chelsea precisou das grandes penalidades para afastar o Aston Villa, depois do empate a uma bola.

Sem Ricardo Pereira, o Leicester ganhou diante do Milwall, fora de casa, por 2-0. O Brighton afastou o Swansea City, igualmente por 2-0.

PUBLICIDADE

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.