“A maior ponte pedonal suspensa do mundo” vai “morar” em Arouca (e já há fundos comunitários)

O município de Arouca revelou esta quinta-feira que vai receber 800 mil euros de fundos comunitários para a construção da “maior ponte pedonal suspensa do mundo” e cuja construção, em curso, custará cerca de 1,8 milhões de euros.

O financiamento foi atribuído no âmbito do PROVERE – Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos, que assim aprovou a candidatura municipal relativa à estrutura, que terá 516 metros de vão sobre o rio Paiva, a uma altura de 175 metros do solo.

Para Margarida Belém, presidente da Câmara de Arouca, “a aprovação do financiamento, ao pressupor uma redução do esforço financeiro do município, é assim uma excelente notícia e também um sinal inequívoco de que, junto das entidades que aprovaram esse apoio, o projeto é relevante em termos da valorização económica de toda a região”.

Realçando que, enquanto pedonal e suspensa, a ponte em construção sobre o rio Paiva “será a maior do mundo”, a autarca encara-a como “uma infraestrutura turística essencial para reforçar a atratividade do município”.

Margarida Belém justifica com essa perspetiva, aliás, que a obra tenha avançado antes de ter financiamento comunitário garantido: “Contra algumas vozes locais, decidimos avançar com a sua construção porque estávamos – e estamos – plenamente convictos de que o retorno financeiro ultrapassará de modo significativo o investimento efetuado“.

Segundo a autarquia, a nova estrutura pedonal em construção desde maio de 2018 em Arouca é inspirada nas pontes incas que atravessavam os vales mais profundos das montanhas dos Andes e vai integrar a rede de vias pedestres já existentes no concelho.

Localizada junto ao geossítio da Cascata das Aguieiras e nas imediações da escarpa conhecida como a Garganta do Paiva, a ponte deverá ficar concluída ainda em 2019 e apresentar-se-á com o tabuleiro em gradil, com uma largura útil de 1,20 metros.

Uma vez aberta ao público, será de utilização paga, devendo o respetivo preço apresentar-se em duas modalidades diferentes, consoante o visitante deseje conhecer apenas a ponte ou percorrê-la como parte integrante dos Passadiços do Paiva, cujo acesso, por enquanto, custa no máximo dois euros para cidadãos residentes fora do concelho e 2,5 euros para moradores locais que adquiram um passe vitalício de acesso ao percurso.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem. Até porque tudo o resto neste país já está feito. Não há listas de espera para as cirurgias. As escolas são boas e quentes. Tudo do melhor. A ala pediátrica do Hospital São João é fantástica. Os hospitais têm pessoal mais do que suficiente para as necessidades. A Justiça tem todos os meios informáticos que precisa. A polícia nem precisa de ir de transportes públicos para os locais do crime porque tem carros novinhos e bons em todas as esquadras. Os serviços públicos de um modo geral nem precisam de remodelar os equipamentos informáticos. As nossas universidades têm residências para os seus estudantes. Só faltava mesmo uma ponte. Mas… uma ponte grande… mesmo grande.

    Quando tudo está feito como no nosso país, sabe bem ter alguns luxos. Venha então a ponte!

    • Exacto, e também é por isso é que se vai gastar milhões com a vinda do Papa e a fazer propaganda religiosa, para uma máfia religiosa (que não paga impostos), depois recolher os lucros (Fátima, etc)!…

  2. Pois o pior talvez venha a ser a desilusão daqueles que irão apreciar a terra queimada e para evitar tal poucos parecem verdadeiramente empenhados em inverter a situação.

RESPONDER

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …