“É triste ver um grande país liderado por um palhaço”, terá dito Macron sobre Boris Johnson

6

Durante uma conversa privada, o presidente francês ter-se-à referido a Boris Johnson como “palhaço”, escreve a imprensa do país.

A revista política Le Canard enchaîné, citada pelo jornal britânico The Guardian, revela que Emmanuel Macron disse que o primeiro-ministro britânico tem “a atitude de um vulgar”.

As acusações terão surgido enquanto o líder francês fazia duras críticas a Boris Johnson, depois dos dois terem tido uma conversa telefónica para falarem sobre o naufrágio no Canal da Mancha que vitimou mais de 30 pessoas.

De acordo com a revista política, Macron terá ficado “furioso” depois de Boris ter partilhado no Twitter uma carta que delineava um plano para lidar com a questão das travessias no canal.

“Falei há dois dias com o primeiro-ministro Johnson de forma séria”, destacou Macron numa entrevista coletiva após a partilha do primeiro-ministro britânico, acrescentando que: “Fico surpreendido com os métodos quando não são sérios. Não comunicamos sobre questões importantes através tweets e cartas que tornamos públicas”, sublinhou, mostrando-se publicamente descontente com o método escolhido por Boris Johnson para tentar lidar com a crise migratória.

De acordo com a imprensa britânica, a França decidiu suspender as negociações com o Reino Unido depois de Boris Johnson ter decidido revelar publicamente a carta endereçada a Emmanuel Macron.

No entanto, além das declarações públicas de Macron, e da crise diplomática entre os dois países, a revista francesa referiu ainda que o presidente francês foi ainda mais contundente numa conversa privada. “Boris fala comigo a toda velocidade, temos discussões como gente grande, mas depois ele atrapalha-nos de uma forma deselegante. É sempre o mesmo circo”, terá dito o líder.

Segundo a revista francesa, Macron terá ainda dito que “é triste ver um grande país, com o qual poderíamos fazer um grande número de coisas, a ser liderado por um palhaço”.

Perante os últimos acontecimentos, Sylvie Bermann, diplomata francesa, disse à Times Radio que as relações entre a França e o Reino Unido “nunca foram tão más desde Waterloo”.

Além das divergências sobre as migrações, os dois líderes também não concordam em vários aspetos quando o assunto é o Brexit.

O presidente francês também terá culpado a atitude de Boris Johnson em relação à França nas falhas do acordo que afastou o Reino Unido da União Europeia. Macron teria dito que o “Brexit é o ponto de partida do circo de Johnson”.

  ZAP //

6 Comments

  1. Macron, ou a coragem de dizer o que pensa e que os outros também pensam mas não têm coragem de dizer. Boris Johnson é um palhaço com provas dadas, é inegável, e só comparável aos seus ídolos, Trump e Bolsonoro, 2 dos 3 maiores palhaços de sempre da cena política mundial.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.