Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente.

Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a “captura acidental” de tartarugas marinhas em mais de 70% e a de pequenos cetáceos – como golfinhos – em mais de 66%.

O estudo, da Universidade de Exeter e da organização de conservação ProDelphinus, analisou embarcações que partiram de três portos peruanos, entre 2015 e 2018. Além das vantagens que as tartarugas e os golfinhos agradecem, os cientistas chegaram à conclusão que as luzes não reduziam a quantidade de “espécies-alvo” capturadas – isto é, aquelas que os pescadores querem mesmo apanhar.

Estes resultados apoiam uma pesquisa anterior, publicada em julho do ano passado na The Royal Society, que sugeria que as luzes LED reduzem a captura acessória de aves marinhas em cerca de 85%.

Segundo a autora principal do mais recente artigo científico, Alessandra Bielli, as redes de pesca são, normalmente, sinónimo de “altas taxas de capturas acessórias de espécies marinhas ameaçadas”, como tartarugas marinhas, baleias, golfinhos e aves marinhas. A investigadora salientou ainda que são poucas as soluções existentes para reduzir esta captura acessória.

No novo estudo, publicado dia 4 de dezembro na Biological Conservation, conclui-se que “dicas sensoriais” – neste caso, luzes LED – são uma forma eficaz de alertar estas espécies sobre a presença de utensílios de pesca nas águas.

A equipa de cientistas colocou luzes LED a cada 10 metros ao longo de uma linha flutuante composta por 864 redes de pesca, e combinaram cada rede iluminada por uma rede apagada, de forma a comparar os resultados.

“A dramática redução na captura acessória de tartarugas marinhas e cetáceos em redes iluminadas mostra como esta técnica simples e de custo relativamente baixo pode ajudar as espécies e permitir que os pescadores pesquem de maneira mais sustentável”, disse Jeffrey Mangel, da ONG ProDelphinus.

“Este trabalho mostrou ainda a utilidade das luzes nas redes para salvar a vida selvagem. Agora, precisamos de luzes cada vez mais robustas e acessíveis”, acrescentou o professor Brendan Godley, da Universidade de Exeter, citado pelo Phys.org.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Primo de Sócrates garante que o dinheiro que tinha nas contas era seu

José Paulo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates e arguido na Operação Marquês, afirmou ao juiz que era dono do dinheiro que o Ministério Público diz pertencer ao antigo primeiro-ministro, segundo fonte ligada ao …

Telemóvel de Jeff Bezos terá sido hackeado por príncipe herdeiro saudita

O telemóvel do dono da Amazon Jeff Bezos terá sido hackeado pelo príncipe da coroa saudita Mohammed bin Salman em maio de 2018, revela uma investigação do The Guardian. O multimilionário norte-americano Jeff Bezos, CEO da …

"Muu". O mugido de uma vaca pode revelar como se sente

https://vimeo.com/386240607 Ao ouvido humano, os mugidos parecem indistintos. No entanto, um estudo recente revelou que cada vaca tem a sua própria voz - e esta persiste em inúmeras situações. De acordo com um estudo recente, levado a …

Aeroporto do Montijo avança com luz verde da Agência Portuguesa do Ambiente

O projeto do novo aeroporto no Montijo, na margem sul do Tejo, recebeu esta terça-feira uma decisão favorável condicionada em sede de Declaração de Impacte Ambiental (DIA), anunciou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Em comunicado, …

Vírus da China faz nona vítima mortal. Já há casos em Macau e nos Estados Unidos

O número de mortes causadas por um novo tipo de pneumonia na China subiu esta quarta-feira para nove, com a morte de mais três pacientes, enquanto o número total de infetados é já superior a …

A cura para todos os tipos de cancro pode estar no nosso sistema imunitário

Em laboratório, uma equipa de cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, conseguiu usar células do nosso próprio corpo para matar células cancerígenas. O nosso sistema imunitário é a defesa natural do nosso organismo contra …

Foi um asteróide (e nada mais do que um asteróide) que dizimou os dinossauros

Uma equipa internacional de cientistas acaba de reafirmar que foi um asteróide - e nada mais do que este corpo rochoso - que dizimou os dinossauros da face da Terra há cerca de 66 milhões …

Descoberta classe de objetos bizarros perto do enorme buraco negro da Via Láctea

Astrónomos da Iniciativa Órbitas do Centro Galáctico da UCLA (Universidade da Califórnia) descobriram uma nova classe de objetos bizarros no centro da Via Láctea, não muito longe do buraco negro supermassivo chamado Sagitário A*. "Estes objetos …

David Lynch lança curta-metragem no Netflix em dia de aniversário

O realizador norte-americano lançou no Netflix, esta segunda-feira, uma curta-metragem de 17 minutos. David Lynch lançou, esta segunda-feira, no dia do seu 74.º aniversário, uma curta-metragem de 17 minutos no Netflix, escreve o jornal Público. "What Did …

Dois homens confessam ter roubado (e depois devolvido) quadro de Klimt

A dupla de assaltantes disse que tinha roubado a pintura, em fevereiro de 1997, e que a devolveu "como um presente para a cidade". Dois homens confessaram ter roubado, e logo depois devolvido, a pintura de …