Luzes em galáxia distante podem ser vela de nave extraterrestre

M. Weiss / CfA

Conceito artístico de uma vela de onda de rádio (a vermelho) com origem na superfície de um planeta

Conceito artístico de uma vela de onda de rádio (a vermelho) com origem na superfície de um planeta

Uma equipa de investigadores na Universidade de Harvard levantou a possibilidade de que os flashes de energia detectados numa galáxia distante da nossa podem ser emissões de uma nave alienígena.

De acordo com investigadores do Harvard-Smithsonian Centre for Astrophysics, emissões de rádio que foram captadas em 2007 por alguns dos mais poderosos telescópios, cuja origem até agora não foi descoberta, podem de facto ser resultado de actividade de alienígenas.

Num estudo publicado no The Astrophysical Journal Letters, os professores Avi Loeb e Manasvi Lingam sugerem que estes flashes podem ser fugas de energia com origem em poderosas “velas de luz” de naves extraterrestres, capazes de emitir uma forte luminosidade nas suas viagens interestelares.

“As emissões rápidas de rádio (FRB) são excessivamente luminosas, se atendermos às suas durações curtas e origem longínqua. Não identificámos até agora uma possível fonte natural com precisão, pelo que é válido considerar e verificar uma origem artificial“, diz Loeb, citado pelo Phys.org.

De acordo com os especialistas, a suposta “vela de luz” usaria uma quantidade pequena de pressão exercida por luz, que seria capaz de produzir uma aceleração contínua ao longo tempo, permitindo que uma nave possa atingir altas velocidades.

Apesar do fundamento de física usado na sua teoria, Loeb prefere manter a cautela e afirmar que tudo ainda não passa de especulação, já que não existem provas a respeito da origem destas emissões. Além disso, estas emissões ocorreram há cerca de 2,5 mil milhões de anos atrás. Mesmo assim, fica a esperança.

A ciência não é uma questão de crença, é uma questão de provas. Mas vale a pena colocar ideias em discussão e deixar os dados serem o juiz”, argumenta o cientista.

10 COMENTÁRIOS

  1. Bem, eu penso que jÁ VÃO APARECENDO COISAS que viajam à velocidade do olhar. Tambem é possivel, não é? O que interessa é que à pala de tantas novas unviersidades, tantas outras descobertas e tão novas pretensões, cada um aproveite e mande das suas. Diz o ditado que a luz que vai `a frente, é a que ilumina. Força,… quem nisso primeiro falar será aquele que descobriu,…. e agora são tantos os investigadores……….!

  2. “… estas emissões ocorreram há cerca de 2,5 mil milhões… ” isto é, agora já estão a fazer tijolo algures.

  3. O problema com os “2,5 mil milhões” – o uso do redshift como medição de “Distância” está completamente errado e obsoleto. E a comunidade científica teima em não querer abandonar conceitos errados. O porquê disso deixo ao vosso critério quando investigarem o assunto.
    Para quem quiser saber mais, ver trabalho de Dr. Halton Arp, Dr. Harold Aspden. Dois Galileus modernos. Einstein é venerado como um deus e ai de quem for contra o que ele pregou… Parece que o homem não pode falhar…

  4. A NASA tem que tomar vergonha e parar com estas mentiras, pois o espaço não existe, vivemos sob um domo, e após ele existe água, e nada ultrapassa este domo!

RESPONDER

Bacterias Gram-negativas de Legionella pneumophila

Vítimas do surto de Legionella vão processar o Estado

A associação de apoio às vítimas do surto de legionella de Vila Franca de Xira está inconformada com a acusação do Ministério Público e vai requerer a abertura de instrução e avançar com uma ação …

The Big Bend

Nova Iorque vai ter um incrível arranha-céus em forma de U

O horizonte de Nova Iorque está prestes a receber um dos prédios mais inovadores do mundo. Planos para a construção do primeiro arranha-céu em forma de U do mundo foram oficialmente revelados, e serão um …

O Sol, observado pelo Solar Dynamics Observatory, da NASA, nos dias 27 de Fevereiro e 20 de Março

O Sol está há 3 semanas sem manchas solares

O nosso Sol pode parecer um ponto perfeito de luz intensa, mas raras vezes o é... como tem acontecido nas últimas semanas, em que não têm sido visíveis quaisquer manchas solares. A nossa estrela é bastante …

-

Biquínis enfeitiçados: marca cria coleção inspirada nas princesas da Disney

Com o verão a chegar, a Enchanted acaba de lançar uma nova linha de roupa de banho. A nova colecção de biquínis é inspirada nas princesas da Disney.  A loja e marca de roupa de banho …

Marine Le Pen em comício da Frente Nacional durante a campanha para as presidenciais francesas

Marine Le Pen diz que se ganhar as eleições a União Europeia vai morrer

A candidata da extrema-direita francesa Marine Le Pen afirmou este domingo que se for eleita presidente da França a União Europeia (UE) "vai morrer", porque "as pessoas já não a querem". As afirmações da candidata presidencial …

-

Trump não para de mexer em coisas nas reuniões (entre outras desordens mentais)

O estado mental do novo presidente dos Estados Unidos tornou-se um agitado tema de discussão nas redes sociais, nos meios de comunicação - e até no seio da comunidade científica norte-americana. "Eu não sei o que …

-

Bloco quer preparar com urgência o país para a saída do Euro

A coordenadora do Bloco de Esquerda defendeu hoje a urgência de preparar o país para a saída do euro, rejeitando que Portugal fique "no pelotão da frente" de uma Europa que "caminha para o abismo". Em …

O que poderá ser o novo super-carro McLaren BP23, tal como imaginado pela Autocar

Novo McLaren BP23 vai custar 2,3 milhões de euros

Apesar do seu preço exorbitante, todos os 106 unidades que serão produzidas estão já reservadas por clientes que, além de um sinal de cinco dígitos, tem de já ter hoje em casa, pelo menos, um …

-

Tribunal egípcio condena 56 pessoas por naufrágio que vitimou emigrantes

O Tribunal Penal de Rashid, no Egito, condenou hoje 56 pessoas a penas de dois a 13 anos de prisão pelo naufrágio de um barco que provocou a morte de 203 emigrantes em setembro passado, …

-

Físicos provam que é impossível arrefecer um objecto a zero absoluto

Os físicos Lluís Masanes e Jonathan Oppenheim, da Universidade College London, no Reino Unido, derivaram a terceira lei da termodinâmica a partir dos primeiros princípios. Em janeiro, físicos do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos EUA …