A Lua está a enferrujar (e a culpa é nossa)

A Lua está a perder o seu brilho branco e está a tornar-se cada vez mais vermelha. Segundo os cientistas, está a ficar enferrujada – e a culpa pode ser da atmosfera da Terra.

A ferrugem, também conhecida como óxido de ferro, é um composto avermelhado que se forma quando o ferro é exposto à água e ao oxigénio. A ferrugem é o resultado de uma reação química comum em pregos, portões, rochas vermelhas do Grand Canyon e até Marte.

Porém, nem todos os ambientes celeste deveriam enferrujar, especialmente a nossa Lua seca e sem atmosfera. “É muito intrigante. A Lua é um ambiente terrível para a formação de ferrugem”, disse Shuai Li, investigador no Instituto de Geofísica e Planetologia de Mānoa, na Universidade do Hawai, em comunicado do Jet Propulsion Laboratory da NASA.

Li estava a estudar dados do JPL Moon Mineralogy Mapper, que estava a bordo do orbitador Chandrayaan-1 da Organização de Pesquisas Espaciais da Índia enquanto estudava a Lua em 2008, quando percebeu que os pólos tinham composições muito diferentes do resto da Lua.

Durante a sua missão, o Moon Mineralogy Mapper detetou espetros – comprimentos de onda de luz refletida em várias superfícies da lua – para analisar a sua composição superficial. Quando Li viu os pólos, descobriu que as superfícies polares da lua tinham rochas ricas em ferro com assinaturas espetrais que combinavam com a da hematita. A hematita mineral, que também é encontrada na superfície da Terra, é um tipo específico de óxido de ferro com a fórmula Fe2O3.

“No início, não acreditei totalmente. Não deveria existir com base nas condições presentes na Lua”, disse Abigail Fraeman, geocientista planetária do JPL. “Mas desde que descobrimos água na Lua, as pessoas têm especulado que poderia haver uma variedade maior de minerais do que imaginamos se a água tivesse reagido com as rochas.”

Para o ferro ficar enferrujado, precisa de oxidantes – uma molécula como o oxigénio, que remove eletrões. Porém, o vento solar do sol, uma corrente de partículas carregadas que atinge constantemente a Lua com hidrogénio, tem o efeito oposto. O hidrogénio é um redutor ou uma molécula que doa eletrões.

Sem proteção contra o vento solar, como o campo magnético que protege o nosso planeta, a ferrugem não deveria conseguir formar-se na Lua.

No entanto, segundo os cientistas, apesar de a Lua não ter atmosfera própria para fornecer oxigénio suficiente, possui vestígios doados pela atmosfera terrestre. Este oxigénio terrestre viaja para a Lua ao longo de uma extensão alongada do campo magnético do planeta chamada “cauda magnética”.

A cauda magnética da Terra pode chegar até ao lado mais próximo da Lua, onde mais hematita foi encontrada. Além disso, a cada Lua cheia, a cauda magnética bloqueia 99% do vento solar de soprar na lua, puxando uma cortina temporária sobre a superfície lunar, permitindo períodos de tempo para a formação de ferrugem.

Porém, ainda há um ingrediente extra que é necessário para a formação de ferrugem: água. A Lua praticamente não tem água, exceto a água congelada encontrada nas crateras lunares no lado oposto da lua – longe de onde a maior parte da hematita foi encontrada.

No entanto, os cientistas propõem que as partículas de poeira em movimento rápido que bombardeiam a Lua podem libertar moléculas de água presas na camada de superfície da Lua, permitindo que a água se misture com o ferro. As partículas de poeira podem carregar moléculas de água e o seu impacto pode criar calor que pode aumentar a taxa de oxidação.

“Esta descoberta vai remodelar o nosso conhecimento sobre as regiões polares da Lua”, disse Li, num comunicado da Universidade do Hawai. “A Terra pode ter desempenhado um papel importante na evolução da superfície da Lua.”

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Science Advances.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …