“Love hotels” no Japão acusados de discriminar casais homossexuais

Casais homossexuais dizem que estes “love hotels” inventam desculpas para recusar a sua entrada, apesar da mudança na lei em 2018.

De acordo com o jornal The Guardian, estes “love hotels” são muito famosos no Japão, sendo usados por casais à procura de privacidade e que querem ter um momento íntimo. Mas parece que nem todos estão a ser bem recebidos.

Segundo o jornal britânico, são vários os casais homossexuais que dizem ter sido rejeitados nestes hotéis e grande parte deles assume mesmo que só aceita casais heterossexuais.

“Nada diminui mais a perspetiva de uma noite romântica do que uma política de hotel homofóbica”, afirma um membro da comunidade LGBT de Tóquio. “Fomos tratados como cidadãos de segunda classe”, lamenta outro, a quem foi negada a entrada.

Akira Nishiyama, um dos responsáveis pela “Japan Alliance for LGBT Legislation”, afirma que as rejeições de casais do mesmo sexo em hotéis são comuns, embora esta seja, na verdade, uma prática ilegal. Em 2018, uma revisão da lei de negócios hoteleiros declarou que os hotéis “não devem rejeitar hóspedes com base na sua orientação sexual ou identidade de género”.

E, segundo o diário inglês, nas raras ocasiões em que os clientes denunciam um hotel por homofobia, as autoridades simplesmente oferecem aos proprietários “orientação administrativa” – uma medida que ativistas LGBT dizem não ter qualquer influência legal.

Apesar da crescente consciencialização sobre os direitos LGBT, o Japão ainda é o único país do G7 que não reconhece casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Uma pesquisa publicada esta semana mostra que 79% dos entrevistados disseram já ter ouvido comentários discriminatórios sobre minorias sexuais no trabalho ou na escola.

De acordo com Nishiyama, a falta de proteção legal para as minorias sexuais no país faz com que ainda seja “muito difícil” para vários japoneses assumirem a sua sexualidade.

“Sítios como estes ‘love hotels’, onde as pessoas LGBT podem ter privacidade garantida, são realmente importantes. São estes lugares que tornam possível para estas pessoas serem quem são e estarem com os seus parceiros, sem medos.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …