L’Oréal bane termos “branqueador” e “clarear” dos seus produtos

Marc A. Hermann / MTA New York City Transit

Na sequência dos protestos antirracistas que têm acontecido um pouco por todo o mundo, a L’Oréal decidiu retirar os termos “branco”, “branqueador”, “claro”, “clarear” e “iluminar” das embalagens dos seus produtos.

A L’Oréal é uma das maiores empresas de cosméticos do mundo e conta com vários produtos para a pele, entre outros. O objetivo em banir estes termos é não passar a ideia de que uma pele mais clara é uma pele mais bonita, disse um porta-voz da empresa, esta sexta-feira, citado pela Reuters.

A empresa francesa revelou em comunicado que as expressões serão eliminadas dos produtos para “homogeneizar a pele”, escreve a TSF.

A Unilever também fez um anúncio semelhante dias antes após receber críticas à sua gama de produtos “Fair & Lovely”, que visa clarear a pele. As acusações surgem semanas depois do homicídio do afro-americano George Floyd, que despoletou uma série de protestos contra a força policial e contra o racismo sistémico.

Estes produtos branqueadores são particularmente cobiçados em países asiáticos, africanos e das Caraíbas, onde muitas pessoas ambicionam ter um tom de pele mais claro, realça a Reuters.

A Johnson & Johnson, por sua vez, decidiu deixar de vender cremes branqueadores na Ásia e no Médio Oriente das marcas Neutrogena e Clean & Clear.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Idiotices!!!!!
    Depois vai ser o XAU a fazer o mesmo.
    Acho que o que é preciso é mentalizarem-se de não ofender ninguém directamente

RESPONDER

"Peixe racista". Estátua da Pequena Sereia novamente vandalizada

A icónica estátua da "Pequena Sereia" em Copenhaga, um dos monumentos mais famosos da Dinamarca, foi novamente vandalizada, ao ter sido pintada com uma frase antirracismo, divulgou hoje a polícia dinamarquesa. “A Pequena Sereia foi vandalizada …

Itália admite segunda vaga e defende restrições a viagens

Itália abriu esta terça-feira fronteiras aos viajantes de países que não integram o espaço europeu de livre circulação Schengen, mas com restrições. O ministro da Saúde de Itália afirmou, esta quinta-feira, não poder afastar uma segunda …

Menos férias e mais dias de aulas para quem não tem exames no próximo ano letivo

O próximo ano letivo vai ter menos dias de férias e mais dias de aulas para os alunos que não tenham exames. Os alunos terão aulas presenciais e aulas à distância. O ministro da Educação, Tiago …

FC Porto revela camisola para a próxima época (e as opiniões dividem-se)

O FC Porto revelou a camisola oficial do clube para a próxima temporada. Pelas redes sociais, as opiniões dividem-se, havendo quem não esteja satisfeito com a mudança. Os adeptos portistas acordaram esta sexta-feira com a imagem …

Veto da Índia ao TikTok pode custar mais de 5 mil milhões de euros à ByteDance

O executivo indiano anunciou o bloqueio de 59 aplicações móveis chinesas, assegurando que as aplicações roubam dados dos utilizadores e partilham informações com o governo chinês. O grupo chinês de tecnologia ByteDance, que desenvolveu o TikTok, …

Covid-19. “Exemplo de Portugal mostra muito claramente como a situação é frágil”

A comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides, considerou que a situação pandémica é ainda "frágil", dando o exemplo da evolução da covid-19 em Portugal para sustentar que é necessário continuarmos vigilantes. “Penso que o exemplo de …

Catarina Martins diz que há neste momento um acordo entre PS e PSD

A líder do BE, Catarina Martins, considerou hoje que "o Orçamento Suplementar não é uma primeira parte do Orçamento do Estado", mas avisou que o que está a acontecer neste momento no país "é um …

Quase 40% dos restaurantes tenciona avançar para insolvência

Quase 40% das empresas de restauração e bebidas e 18% do alojamento turístico tencionam avançar para insolvência. Os números são resultado de um inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) esta …

Cientistas ingleses acreditam que um número significativo da população tem imunidade natural ao coronavírus

Cientistas ingleses que estão a desenvolver uma vacina para a covid-19 acreditam que um largo número de pessoas pode ter imunidade natural contra o novo coronavírus, mesmo que nunca tenha sido infetado. Ao Telegraph, citado esta …

Bruxelas autoriza tratamentos com Remdesivir na UE

A Comissão Europeia deu esta sexta-feira “luz verde” à comercialização do antiviral Remdesivir, que se torna assim o primeiro medicamento autorizado ao nível da União Europeia para tratamento da Covid-19. A autorização do executivo comunitário, concedida …