A localização dos Moai na Ilha da Páscoa não era casual (e agora sabe-se o que escondiam)

As imensas figuras de pedra da Ilha de Páscoa intrigaram os investigadores e o resto do mundo durante séculos, mas agora os especialistas dizem ter quebrado um dos maiores mistérios: por que as estátuas estão onde estão.

Os investigadores dizem que analisaram a localização das plataformas megalíticas nas quais muitas das estátuas conhecidas como moai estão, bem como examinaram locais dos recursos da ilha, e descobriram que as estruturas são normalmente encontradas perto de fontes de água doce.

Os cientistas dizem que a descoberta reforça a ideia de que aspetos da construção de plataformas e estátuas, como o seu tamanho, poderiam estar ligados à abundância e à qualidade de tais suprimentos.

“O importante é que isto demonstra que os próprios locais das estatuetas não são um lugar ritual estranho – representam o ritual no sentido de que há um significado simbólico, mas estão integrados nas vidas da comunidade”, disse Carl Lipo, da Universidade Binghamton, em Nova York, que liderou o estudo publicado este mês na revista PLOS.

A Ilha de Páscoa tem mais de 300 plataformas megalíticas, cada uma das quais pode ter sido feita por uma comunidade separada. Acredita-se que o primeiro deles tenha sido construído no século XIII. Muitos são encontrados em redor da costa.

Acredita-se que os monumentos representem ancestrais e estejam ligados à atividade ritual, formando um ponto focal para as comunidades, mas o motivo das suas localizações era, até agora, um mistério.

A equipa concentrou-se no leste da ilha, onde vários recursos foram bem mapeados, e analisou a distribuição de 93 plataformas megalíticas construídas antes que marinheiros europeus aparecessem no século XVIII.

Depois de não descobrirem nenhuma ligação com a proximidade da rocha usada para ferramentas ou monumentos, observaram se os monumentos foram encontrados perto de outros recursos importantes: jardins espalhados com pedras nas quais culturas como batata-doce eram cultivadas, locais ligados à pesca e fontes de água doce.

Lipo ficou interessado nestas últimas depois de começar a investigar de onde os moradores de Rapa Nui tiravam a água potável. A ilha não tem ribeiros permanentes e há pouca evidência de que os moradores dependiam dos lagos da ilha.

No entanto, a água doce passa através do solo em aquíferos, infiltrando-se em cavernas e emergindo ao longo da costa.

“É incrível quando a maré baixa, de repente, há riachos correndo em diferentes pontos da costa que são apenas água doce pura”, disse Lipo, citado pelo The Guardian. “Percebemos isso quando estávamos a fazer um estudo na ilha e vimos cavalos a beber do oceano.” Registos históricos revelam que os habitantes da ilha bebiam estas água salgada, enquanto estudos sugerem que também faziam poços para capturar água potável.

As conclusões mostram que a proximidade a fontes de água doce é a melhor explicação para a localização das estátuas – e explica porque surgem no interior e na costa.

Lipo disse que os resultados combinaram com as experiências da equipa no solo. “Todas as vezes que víamos grandes quantidades de água fresca, víamos estátuas gigantes”, disse. “Era ridiculamente previsível”.

Os resultados faziam sentido, já que a água potável é essencial para as comunidades e é impraticável ter que caminhar quilómetros para um rápido gole.

O estudo acrescenta peso à ideia de que as comunidades competiam e interagiam através da construção de monumentos, em contraste com a ideia de que os habitantes se envolviam em violência por causa dos recursos naturais escassos.

A equipa está agora a explorar se vários aspetos das estátuas, como o seu tamanho ou outras características, podem estar ligados à qualidade dos recursos hídricos, oferecendo uma maneira de a comunidade mostrar vantagem competitiva a outros grupos da ilha.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado cemitério perto do campo de concentração de Auschwitz

Um residente local descobriu cerca de 12 crânios humanos e vários ossos na margem do rio que atravessa a cidade vizinha de Oswiecim, perto de Auschwitz. As autoridades estão a investigar se os restos mortais …

Taiwan vai ter uma enfermaria hospitalar feita de lixo reciclado

O Hospital da Universidade Católica Fu Jen, em Taipei, capital de Taiwan, vai ter a primeira enfermaria hospitalar do mundo construída com materiais reciclados. Quando a pandemia da covid-19 apareceu, o arquiteto e engenheiro taiwanês Arthur Huang …

Turquia 0-3 Itália | Euro arranca com vitória italiana

A Itália, campeã europeia em 1968, venceu hoje a Turquia por 3-0, no encontro inaugural do Euro2020 de futebol, disputado no Estádio Olímpico de Roma, a contar para a primeira jornada do Grupo A. A 16.ª …

"Exército" de cabras ajuda a prevenir incêndios florestais na Califórnia

A Califórnia soltou um "exército" de cabras para mastigar arbustos e ervas demasiado grandes em todo o estado na esperança de reduzir o risco de incêndios florestais neste verão. Este tipo de vegetação inflamável contribui para …

Kim Jong-un perdeu peso (e isso pode ter consequências geopolíticas)

O líder norte-coreano parece ter perdido algum peso, o que já levou alguns analistas políticos a avançar com algumas teorias e possíveis consequências geopolíticas. Depois de não ser visto em público durante quase um mês, o …

Portugal Campeão Europeu em 2016

Campeões em 2016, ausentes do Euro 2020: onde estão esses 12 portugueses?

Mais de metade dos jogadores convocados por Fernando Santos para o histórico Europeu 2016 não vai estar nesta edição do torneio. Rui Patrício, Pepe, Raphaël Guerreiro, José Fonte, Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Anthony Lopes, Danilo Pereira, …

Marrocos avisa a Europa que Ceuta “é uma cidade marroquina ocupada”

A Câmara dos Representantes de Marrocos condenou a moção aprovada pelo Parlamento Europeu (PE) a rejeitar a estratégia do Governo de Rabat na recente crise migratória em Ceuta e reforçou o estatuto do enclave espanhol …

Hong Kong vai censurar filmes em busca de “ameaças à segurança nacional”

As autoridades de Hong Kong vão começar a censurar todos os filmes nacionais e estrangeiros em busca de casos que possam ser interpretados como “violações da segurança nacional”, no mais recente exemplo do reforço do …

Reino Unido confirma que variante Delta é 60% mais transmissível

O Reino Unido registou 17 mortes e 8.125 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os dados oficiais mais recentes, que hoje também confirmaram que a variante Delta é 60% mais transmissível. Um …

Médicos de Saúde Pública pedem "cautela" e alertam que a "pandemia ainda não acabou"

A Associação de Médicos de Saúde Pública apelou hoje à população para ter “algumas cautelas” em celebrações familiares e noutros contextos, lembrando que a vacina contra a covid-19 não é “100% eficaz” e que a …