Legislação vai apertar o cerco à publicidade de alimentos para crianças

A partir de outubro, a publicidade dirigida a menores de 16 anos vai sofrer alterações significativas: bolachas e leites achocolatados, 90% dos cereais de pequeno-almoço e 72% dos iogurtes no mercado não vão ser publicitados perto de escolas e parques infantis e vão sair dos ecrãs, redes sociais, televisão e rádio.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) publica esta quarta-feira, em Diário da República, a tabela que define o perfil nutricional dos alimentos e bebidas cujo marketing será banido. O despacho entra em vigor dentro de 60 dias, em outubro.

Entre os produtos da tabela, constam comidas e bebidas com teores elevado de sal, açúcar e ácidos gordos saturados ou trans.

De acordo com uma análise da DGS, nenhum produto na categoria de bolachas e leites achocolatados e aromatizados vendidos em Portugal “está apto para publicidade dirigida a menores de 16 anos”. Na lista há ainda manteiga, queijos, pão, preparados de carne e conservas.

17% dos refrigerantes, 28% dos iogurtes, 21% dos queijos, 10% dos cereais de pequeno-almoço e 0,86% dos sumos de fruta identificados pela DGS podem continuar a ser publicitados.

Segundo o Expresso, os valores resultam de um trabalho de avaliação da DGS, que efetuou o estudo a partir de uma amostra de dois mil e 498 produtos alimentares à venda em Portugal.

“Provavelmente as categorias mais atingidas (pelas restrições) são também as que mais publicitam”, disse à Lusa Maria João Gregório, diretora do do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), citada pela SIC Notícias.

Maria João Gregório acrescenta ainda que produtos como chocolates ou barras energéticas podem ter a sua publicidade limitada, dentro de dois meses, se tiverem mais de 40kcal, ou mais de cinco gramas de açúcar ou 1,5 gramas de ácidos gordos saturados por cada 100 gramas.

A lista que estabelece os valores limite a considerar na identificação destes produtos baseou-se nas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), ainda que esta proíba a publicidade dirigida a crianças de todos os chocolates, bolos, sumos, refrigerantes e gelados.

Dentro de 60 dias, produtos com aquilo que for considerado pela lista, excesso de açúcar, sal ou gordura têm a divulgação impedida em programas infantis ou outros genéricos, cuja audiência com menores de 16 anos seja superior a 25%.

Também será proibida noutras plataformas, como a publicidade em cartazes perto de escolas ou parques infantis, nas rádios, cinema e até na internet — algo em que a DGS ainda está a trabalhar.

Segundo o Jornal Económico, para quem infringir a nova lei que altera o código da publicidade, as multas rondam os mil e 750 euros e os 45 mil euros.

O perfil nutricional surge no seguimento da aprovação da lei 30/19, destinada a restringir determinados tipos de publicidade dirigida a crianças.

A legislação tem como objetivo reduzir o consumo dos produtos listados e, assim, contribuir para a redução da taxa de crianças obesas ou com excesso de peso.

daniellehelm / Flickr

DR, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …