Istanbul B. 4-1 Sporting | “Leão” deixa fugir os dois pássaros

Hugo Delgado / Lusa

O Sporting disse adeus à Liga Europa, ao cair na Turquia, frente ao Istanbul Basaksehirk após prolongamento, com um resultado de 4-1, e 5-4 no conjunto das duas mãos.

Após a vitória por 3-1 em Alvalade, na semana passada, os “leões” tinham a eliminatória no “bolso”, mas chegaram ao intervalo desta segunda mão já em desvantagem, com dois golos sofridos sem resposta. No segundo tempo, Luciano Vietto voltou a dar a liderança da questão à formação lisboeta, mas já nos descontos do tempo regulamentar, Edin Visca fez o 3-1 e levou o jogo para os 30 minutos extra. O bósnio fez, já perto dos 120 minutos, o tento que afastou os portugueses, na conversão de um penálti. O Sporting teve tudo para apurar-se, mas deitou tudo a perder.

O jogo explicado em números

  • O Sporting entrou em campo com o seu figurino habituado dos últimos jogos, com a principal novidade a ser Jovane Cabral no lado esquerdo do ataque, remetendo Gonzalo Plata para o banco de suplentes. Perante a necessidade de fazer dois golos, os turcos criaram muito perigo logo aos dois minutos, com Gaël Clichy a cruzar para cabeceamento de Danijel Aleksic e a bola a sair muito perto da baliza de Luís Maximiano.
  • Jorge Silas, na antevisão, havia alertado para o facto de o Istanbul Basaksehirk necessitar de atacar, deixando espaços na sua defesa. E foi isso que aconteceu no primeiro quarto-de-hora. Os turcos registaram 71% de posse e dois remates, desenquadrados, enquanto os “leões” apostavam em transições rápidas a aproveitar esse adiantamento contrário. E somavam quatro remates por volta dos 20 minutos, um com boa direcção.
  • Em cima do minuto 30, Demba Ba esteve perto de marcar, após erro defensivo leonino, resolvendo Maximiano, isto numa fase em que a equipa da casa aprofundava o domínio na partida, sem que o Sporting conseguisse chegar junto da baliza de Fehmi Günok. Logo a seguir, na sequência de um lance confuso em que os “leões” não conseguiram afastar a bola da área, o Basaksehirk marcou, numa emenda de cabeça de Martin Skrtel – sétimo remate anfitrião, terceiro enquadrado.
  • Clichy era, esta altura, a grande dor de cabeça do Sporting nesta fase do jogo, liderando os ratings com 6.5. O ex-Arsenal e Manchester City criara uma ocasião flagrante em dois passes para finalização e tivera sucesso em três de quatro cruzamentos. O melhor “leão” era Wendel e não passava de 5.2.
  • O Sporting só respondeu aos 39 minutos, com Marcos Acuña a obrigar Günok a defesa apertada. A formação portuguesa começava a aproximar-se com mais perigo da baliza contrária, sabendo que um golo lhe daria outra tranquilidade. Mas esse golo surgiria do outro lado.
  • Nos descontos, Danijel Aleksic cobrou um livre directo do lado direito do ataque, com potência, a bola descreveu um efeito e passou por cima de Maximiano, que pareceu surpreendido com a trajectória da bola e mal batido. Neste momento o Sporting estava fora da Liga Europa.
  • Intervalo Primeira parte para esquecer do “leão”, que quis aproveitar o adiantamento turco para criar perigo, mas nunca conseguiu fazer transições de qualidade e cometeu demasiados erros defensivos, chegando ao descanso já em desvantagem na eliminatória. O melhor em campo era Clichy, que ajudou a carrilar 49% do futebol ofensivo do Basaksehirk pelo franco esquerdo. O francês registava um GoalPoint Rating de 6.5, com uma ocasião flagrante criada em dois passes para finalização, extraordinária eficácia no cruzamento (três em quatro) e o máximo de acções com bola (48). O melhor “leão” era Acuña, com 5.7, fruto de três remates, todos enquadrados (a totalidade dos disparos leoninos na direcção da baliza).
  • Aos 56 minutos, Maximiano fez duas defesas extraordinárias a dois remates de Demba Ba, com o atacante a fazer o que quis da defesa leonina. O cenário não parecia melhorar no arranque do segundo tempo, com os turcos a terem ainda mais bola (53%) à passagem da hora de jogo e dois remates enquadrados, para um do “leão”.
  • Mas aos 67 minutos, o Sporting marcou. Num lance que parecia inofensivo, Acuña arrancou um cruzamento teleguiado da esquerda do ataque e Luciano Vietto, do alto do seu 1,73m, saltou mais que todos e cabeceou imparável, recolocando o “leão” na liderança da eliminatória.
  • De repente, tudo mudara na Turquia. O Sporting já havia equilibrado a posse de bola, melhorara a qualidade de passe (81%) e tinha mais um remate que os turcos (4-2) e o mesmo número de enquadrados. Acuña, com 7.0, começava a ameaçar Clichy na liderança dos ratings.
  • À formação portuguesa bastava controlar o jogo e as investidas do seu adversário. E parecia prestes a conseguiu-lo, registando mesmo mais remates que o seu adversário no segundo tempo. Mais concretamente dez até aos descontos, altura em que o Basaksehirk chegou ao 3-1, num forte remate cruzado de Edin Visca do lado esquerdo, levando o jogo para prolongamento.
  • No prolongamento, o Sporting parecia estar, mais uma vez, no comando das operações, mas perto do final, Luciano Vietto fez grande penalidade sobre Júnior Caiçara e Edin Visca não desperdiçou, fazendo o 4-1 para os turcos. O Sporting estava fora da Liga Europa.

O melhor em campo GoalPoint

Já havia marcado o golo do Istanbul Basaksehirk na primeira mão, abrindo uma janela de esperança para os turcos, e na segunda mão escancarou portas e janelas rumo ao apuramento. Edin Visca fez dois golos, um que levou o jogo para o prolongamento, outro que decidiu a discussão, perto do fim dos 120 minutos, e foi o melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 8.1. O bósnio terminou com três remates enquadrados em quatro, dois passes para finalização e oito cruzamentos.

Jogadores em foco

  • Marcos Acuña 7.2 – O melhor elemento dos “leões”. O argentino fez a assistência para o golo de Vietto, enquadrou os três remates que fez, teve eficácia em três de cinco cruzamentos e fez quatro intercepções.
  • Stefan Ristovski 6.1 – Primeira parte difícil do lateral leonino, que não conseguiu lidar com Clichy, mas foi melhorando, terminando com quatro passes para finalização e seis desarmes.
  • Luciano Vietto 5.3 – Esteve no melhor e no pior. Fez um golo de cabeça entre centrais bem mais altos que ele, enquadrou dois de quatro remates, fez dois passes para finalização, mas cometeu a grande penalidade que ditou o afastamento leonino.
  • Gaël Clichy 7.8 – Grande jogo do francês, que fez o corredor esquerdo dos turcos e foi um constante problema. Para além de uma assistência e duas ocasiões flagrantes em quatro passes para finalização, o lateral foi o jogador com mais acções com bola (115) e ainda fez dez recuperações de posse e cinco desarmes.
  • Martin Skrtel 7.2 – A antiga estrela do Liverpool fez o primeiro golo do jogo, ganhou quatro de seis duelos aéreos defensivos e somou 11 acções defensivas, entre elas um corte decisivo.
  • Luís Maximiano 4.4 – O guardião do Sporting até começou bem a partida, com algumas paradas importantes, e esteve seguro na maior parte do jogo, com cinco defesas, duas a remates na sua grande área. Mas no 2-0 pareceu algo mal batido.

GoalPoint

PARTILHAR

RESPONDER

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …

Islândia quer tornar-se um refúgio para o teletrabalho. Mas não é para todos

A Islândia fez uma série de alterações no seu programa de vistos de trabalho remoto para cidadãos foram do espaço Schengen, tendo como objetivo tornar-se num destino atraente para os trabalhadores que procuram escapar dos …