Laboratório garante ter conseguido reverter o envelhecimento

Elizabeth Parrish, CEO da BioViva, decidiu experimentar pessoalmente o processo de rejuvenescimento dos cromossomas criado pela empresa

O laboratório de biotecnologia BioViva anunciou que a sua equipa de cientistas usou terapia genética para prolongar as pontas dos cromossomas – os chamados telómeros – e alterar o processo de envelhecimento das células.

Mais do que isso, a BioViva afirma que a técnica foi mesmo já aplicada numa pessoa: a própria CEO da empresa, Elizabeth Parrish.

Segundo uma nota publicada no site da empresa, o tratamento aplicado a Elizabeth Parrish teve início há um ano, para combater uma perda de massa muscular da CEO.

Para contornar as rigorosas leis norte-americanas sobre este tipo de experiências em humanos, Parrish mudou-se para a Colómbia, onde recebeu o tratamento – o que contribuiu para o relativo cepticismo com que a comunidade científica internacional acolheu o anúncio.

Elizabeth Parrish tem 45 anos, e a empresa garante que conseguiu um alongamento dos telómeros das suas células correspondente a um rejuvenescimento de 20 anos.

A presidente da empresa foi escolhida porque os seus exames clínicos mostraram que os seus telómeros eram anormalmente curtos, o que a deixava vulnerável a doenças associadas à idade mais cedo do que o habitual.

“Os avanços na biotecnologia são a melhor solução para as doenças da velhice, e se estes resultados forem minimamente correctos, fizemos história”, afirma Parrish na nota da empresa.

(dr) Stanford Medicine

Os telómeros (a verde) encontram-se nas pontas dos cromossomas e funcionam como tampinhas de protecção para o ADN celular.

Os telómeros (a verde) encontram-se nas pontas dos cromossomas e funcionam como tampinhas de protecção para o ADN celular.

Segundo a IFLScience, a técnica utilizada pela empresa na realidade já existe, mas até agora só foi usada em laboratório com células humanas em experiências com medicamentos.

Os telómeros encontram-se nas pontas de cada cromossoma, que contém a informação genética do organismo, e têm a função de proteger o ADN do desgaste natural que acontece com o tempo.

São como as pontinhas de plástico nos cordões das sapatilhas, que impedem que o cordão desfie mais rapidamente.

Mas à medida que as células se dividem, um pouco da ponta perde-se no processo – o que significa que à medida que ficamos mais velhos, os telómeros ficam mais curtos, até que a célula pare de se dividir e morra.

Entre outros estudos, em janeiro de 2015 uma equipa de investigadores da Universidade de Stanford, nos EUA, introduziu um tipo de RNA modificado, que foi concebido para estender os telómeros. O seu efeito protector, no entanto, passa ao fim de alguns dias.

A grande novidade anunciada pela BioViva é que a técnica terá mesmo sido aplicada a uma pessoa.

A notícia parece o argumento de um filme de super-heróis, em que o herói ganha os seus super-poderes como cobaia de uma experiência maluca.

Mas, ainda sem estudo publicado, nem verificação independente, e com uma amostra de apenas uma pessoa – sendo que essa pessoa é a CEO da empresa – é impossível confirmar estas alegações.

Resta saber se o laboratório vai publicar dados que possam ser analisados e validados por outros cientistas.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “A notícia parece o argumento de um filme de super-heróis, em que o herói ganha os seus super-poderes como cobaia de uma experiência maluca.”

    WTF?
    Que raio de jornalismo…

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …