Jovens sírios criam biblioteca subterrânea para salvar os livros da guerra

HoS - Humans of Syria

A biblioteca subterrânea de Daraya, na Síria

A biblioteca subterrânea de Daraya, na Síria

A ideia, que partiu de um grupo de universitários obrigados a abandonarem os estudos, é preservar a produção literária, académica e cultural do país, perante os recorrentes ataques do Estado Islâmico que têm destruído monumentos, bibliotecas e de forma geral locais históricos insubstituíveis.

No meio do cenário de guerra e destruição que devasta a Síria, uma biblioteca devolve a esperança e proporciona pelo menos alguns momentos de lazer e conhecimento num subúrbio da capital do país.

Perante a ofensiva do Estado Islâmico na Síria, somada aos conflitos locais, milhares de crianças e jovens viram-se forçadas, aos poucos, a abandonar as suas instituições de ensino – espaços que acabaram por se tornar meras trincheiras no conflito.

Foi diante desta situação que um grupo de universitários decidiu criar uma biblioteca subterrânea para preservar os livros dos ataques do Estado Islâmico.

“Eu e outros jovens como eu, que tivemos que deixar os estudos, mais alguns já licenciados, tivemos a ideia de recuperar os livros que estavam por baixo dos escombros de casas demolidas”, conta o jovem sírio Abu Malek.

“Preocupamo-nos em identificar em que casa encontrámos cada exemplar, porque a ideia é devolver os livros aos seus donos no fim da guerra”, explica Malek.

HoS - Humans of Syria

A biblioteca subterrânea já tem mais de 11 mil livros

A biblioteca subterrânea já tem mais de 11 mil livros

“Também recuperámos livros que escaparam ao fogo nas bibliotecas e livrarias da cidade”, acrescenta o jovem sírio.

“É a forma que encontrámos de salvar o nosso património cultural”, conta Malek.

A ideia surgiu em 2012, na altura como uma ‘pequena adega’ de livros e, pouco a pouco, tornou-se o que é hoje a maior biblioteca pública da região, com mais de 11 mil exemplares e um espaço para leitura.

O espaço subterrâneo fica em Daraya, um pequeno subúrbio da cidade de Damasco.

Encontrei um propósito na minha vida com a criação desta biblioteca. Já não passo dias inteiros chateado e com medo de novos atentados. Agora aconselho os que vêm até aqui pedir livros, e discutimos as nossas leituras”, diz Abu Malek.

“O próximo passo é completar a colecção de filmes documentais, que aqui podem ser vistos também. Mas ainda nos falta verba para isso”, conclui.

Fórum

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Num Mundo em roda livre, qual roleta de casino, impulsionado pelo dogma do lucro fácil e rápido que levou ao aumento das desigualdades e ao ressurgimento de todo o género de extremismos, a barbárie está de volta ressurgida dos confins dos tempos e da obscuridade. Novamente a Arte, a Literatura são atacadas como se de um inimigo (e na realidade o serão para alguns) se tratasse.
    Mesmo nas ditas sociedades evoluidas já repararam que os cursos de letras, filosofias são cada vêz mais considerados cursos menores, e são idolatrados os cursos de matemáticas e engenharias?? O ler a Grande Literatura, as novas ideias, os ideais (out box), a discusão filosófica metem medo a alguns, os numeros são sempre mais fáceis de controlar e guiar como uma carneirada obediente e grata.

RESPONDER

Cientistas descobrem como é que o cérebro nos faz espirrar

Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, identificou, em ratos de laboratório, células e proteínas específicas que controlam o reflexo do espirro. "Compreender melhor o que nos faz espirrar - de que …

Casa Branca prevê falha na meta de vacinação de 70% da população até 4 de Julho

A previsão foi avançada esta terça-feira por Jeff Zients, coordenador da resposta norte-americana à pandemia do novo coronavírus. O atraso, ainda que residual, representa um percalço no plano inicialmente proposto pela Administração Biden e justifica-se, …

Revelados segredos da invasão da malária

Como é que os parasitas da malária invadem os glóbulos vermelhos? A microscopia de vídeo de última geração permitiu à equipa do WEHI, na Austrália, ver estes detalhes moleculares essenciais para tratar a doença. Kelly Rogers, …

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …