Joseph Blatter investigado pelo FBI

Ennio Leanza / EPA

O presidente da FIFA, Joseph Blatter

Joseph Blatter está no centro de uma investigação do FBI, no âmbito do escândalo de corrupção que abala a FIFA, noticiaram vários órgãos de comunicação social norte-americanos, após o pedido de demissão apresentado pelo ainda presidente do organismo.

Citando fontes das autoridades e outras ligadas ao inquérito, o New York Times e a cadeia de televisão ABC News noticiaram que Blatter está a ser investigado pela polícia federal norte-americana e pelo Departamento de Justiça norte-americano no âmbito do escândalo de corrupção conhecido na semana passada.

O New York Times escreve mesmo que as autoridades norte-americanas esperam poder contar com a cooperação de alguns dos responsáveis da FIFA formalmente acusados na semana passada.

Interpol emite alerta vermelho para dois dirigentes a FIFA

Entretanto, surge a notícia de que a Interpol emitiu um alerta vermelho para Jack Warner, ex-presidente da CONCACAF, e Nicolas Leoz, ex-líder da Federação Sul-Americana de Futebol.

Há ainda um mandado internacional de captura para Alejandro Burzaco, Hugo Jinkis, Mariano Jinkis e José Margulies, todos implicados no escândalo dos subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros) que foi tornado público na semana passada, com a indiciação de nove dirigentes ou ex-dirigentes da FIFA e cinco parceiros da Instituição, acusados de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos.

Federações históricas aplaudem demissão de Blatter

Apesar da dimensão do caso, Blatter só anunciou na terça-feira a sua renúncia à presidência da FIFA depois de ter sido reeleito a 29 de Maio para um quinto mandato como presidente da organização, até 2018, ao vencer o jordano Ali bin al Hussein.

A sua demissão já foi elogiada por vários Federações Históricas da FIFA, nomeadamente a Inglesa, a Francesa, a Holandesa. a Alemã e a Norte-Americana.

Em declarações à BBC World, Greg Dyke, da inglesa FA, diz que a resignação é “boa para o futebol” e que Blatter percebeu que o escândalo de corrupção recentemente revelado “estava a chegar perto dele”.

Dyke pede uma reestruturação para toda a organização da FIFA, sublinhando que “o futuro tem de ser pela transparência”.

Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa, considera que este é o momento de “recomeçar com boas bases”.

“Estou espantado, mas isto acaba por não ser mau, vai permitir recomeçar com boas bases e com verdadeiros candidatos”, disse o dirigente, que não deixou de manifestar um eventual apoio à candidatura de Michel Platini, presidente da UEFA.

O presidente da Federação Holandesa de Futebol (NVAB), Michael van Praag, que se retirou da corrida à presidência da FIFA a poucos dias do início do congresso eleitoral, tal como Luís Figo, alegando também que o processo nada tinha de democrático, também se congratula com a demissão de Blatter.

Wolfsgang Niersbach, presidente da Federação Alemã (DFB), comenta que Blatter “devia ter saído mais cedo”. “É uma tragédia que não nos tenha poupado a isto, e a ele também, demitindo-se mais cedo”, disse ao Bild um dos mais ativos críticos da governação de Blatter.

De outra federação influente, a norte-americana, fala-se de “oportunidade excecional para uma mudança positiva”.

“A demissão de Blatter é uma oportunidade excecional, e imediata, para uma mudança positiva no seio da FIFA”, escreve Sunil Gulati, em comunicado. “É o primeiro passo na direção de uma reforma real e pertinente no seio da FIFA”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …

Partidos de Direita vencem eleições na Galiza e País Basco

As eleições regionais disputadas hoje em Espanha fortaleceram os partidos no poder, com o Partido Popular (direita) a alcançar a quarta maioria absoluta consecutiva na Galiza e o Partido Nacionalista Basco (PNV-centro-direita) a triunfar no …