Jorge Jesus terá dito que sim ao Flamengo. Benfica nega acordo

Mário Cruz / Lusa

Jorge Jesus terá dito aos emissários do Flamengo que está interessado em regressar ao Brasil. O SL Benfica nega os rumores.

Marcos Braz e Bruno Spindel, emissários do Flamengo com a tarefa de encontrar um novo treinador para o clube, estiveram na casa de Jorge Jesus na terça-feira, escreve o Record.

Segundo o jornal, o encontro terá sido por mera cortesia, com o treinador a reforçar que está ligado contratualmente com o Benfica até ao final da temporada.

No entanto, o MaisFutebol avança que o encontro entre os emissários brasileiros e Jorge Jesus foi mais frutífero. O site desportivo diz mesmo que Jesus terá sinalizado a sua intenção de voltar ao Rio de Janeiro. Resta apenas um entendimento entre os clubes para finalizar o negócio.

Fonte próxima ouvida pela Tribuna Expresso afiançam que ficou a garantia dada pelo treinador português de querer regressar possivelmente já em janeiro.

Entretanto, o SL Benfica divulgou um comunicado a desmentir as recentes notícias sobre uma possível saída de Jorge Jesus.

“O Sport Lisboa e Benfica e o seu treinador Jorge Jesus refutam cabalmente a existência de qualquer acordo com o Flamengo para a libertação da sua equipa técnica mediante entendimento entre os clubes”, escreve o emblema da Luz.

O clube diz que o um eventual interesse de Jesus é manifestamente “falso e descabido”.

“O Sport Lisboa e Benfica lamenta que, na véspera de uma partida decisiva para a sua continuidade na Taça de Portugal, um órgão de informação com a chancela CNN se predisponha a disseminar informações falsas e já desmentidas em direto pelo próprio representante do Flamengo”, acrescentam ainda os ‘encarnados’. “Jorge Jesus, ao contrário do que foi divulgado pela CNN Portugal, não deseja voltar ao Brasil, mas sim voltar a ser campeão pelo Sport Lisboa e Benfica”.

Nas últimas semanas, além de Jorge Jesus, também Carlos Carvalhal, Paulo Fonseca, Paulo Sousa, Rui Vitória e Vítor Pereira foram apontados ao cargo. No entanto, o treinador que levou o clube à conquista da Libertadores parece ser o favorito da direção e dos adeptos.

Por sua vez, Jesus também terá percebido que o Benfica não planeia prolongar o seu contrato, que termina em junho de 2022.

Se o Flamengo quiser trazer Jesus antes do fim do atual contrato com o emblema da Luz, terá de pagar cerca de 6 milhões de euros, escreve ainda a Tribuna Expresso.

O jornal O JOGO sabe que nada em concreto será discutido até dia 30, data da segunda visita ao Dragão, em jogo da Liga Bwin. O resultado do jogo poderá ser decisivo para a continuidade — ou não — de Jorge Jesus.

Luís Miguel Henrique, advogado de Jorge Jesus, assegura que até hoje o treinador “não tem nada em mãos” do Flamengo, negando que as duas partes se encontraram em casa do técnico benfiquista, em Cascais.

“Tenho uma relação pessoal com o Jorge, por quem tenho um carinho enorme. Quando vim buscá-lo [em 2019], acreditou em mim e no projeto desportivo que lhe apresentei. Cumpri tudo o que tratei com ele e o Jorge é sempre uma opção natural, apesar de ter contrato em vigor”, disse Marcos Braz, ao Record, à chegada a Lisboa.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.