John McAfee oferece-se para crackar um iPhone e “salvar o mundo”

John McAfee / Facebook

John McAfee, criador do antivírus com o mesmo nome

John McAfee, criador do antivírus com o mesmo nome

O criador do antivírus disponibilizou-se para crackar o telemóvel que a Apple recusou se a desbloquear por pôr em risco a segurança dos seus clientes. 

Depois de a Apple se ter recusado publicamente a desbloquear o telemóvel do atirador de San Bernardino, eis que surge o polémico programador John McAfee a dizer que está disponível para ajudar o FBI.

O criador do antivírus com o mesmo nome disponibilizou-se para crackar o telemóvel de Syed Rizwan Farook, um dos terroristas que em dezembro do ano passado matou 14 pessoas.

A empresa emitiu um comunicado esta semana a dizer que o desbloqueio pode pôr em risco a segurança dos seus clientes, posição que ganhou o apoio de outras conhecidas empresas, tal como a Google, o Facebook, o Twitter e até a Microsoft (embora de uma forma mais tímida).

Aliás, os próprios clientes fizeram questão de demonstrar esse apoio, juntando-se em frente à loja da marca em São Francisco, na Califórnia.

McAfee diz que o facto de se disponibilizar para desbloquear o iPhone não significa que não concorde com a posição da Apple, aliás é precisamente para evitar que a empresa seja forçada a instalar um ‘backdoor’. O programador considera que essa medida seria o “fim do mundo” da segurança digital.

Na visão do pré-candidato à presidência dos EUA, a ordem judicial é ainda uma prova de incompetência das autoridades norte-americanas.

McAfee acredita que o Governo tem recursos suficientes para conseguir fazer esse desbloqueio mas só não o faz porque não contrata as pessoas certas para o trabalho e, à custa disso, está “décadas atrasado na corrida digital”.

Segundo o programador, o Governo só contrata pessoas que vêm diretamente das universidades e recusa-se a contratar ‘hackers’ cheios de piercings ou com cortes de cabelo estranhos.

‘Hackers’ esses como os que ele diz integrarem a sua equipa “maravilha” que vai conseguir crackar o iPhone sem grandes problemas.

Não acredita? Então McAfee tem um argumento ainda mais forte. O programador diz que é a única pessoa a aparecer nos resultados do motor de busca do Google quando se procura o termo “lenda da cibersegurança”.

“Se duvidam do meu potencial, procurem no Google por ‘lenda da cibersegurança’ e vejam o nome que aparece em primeiro lugar”, afirmou, dizendo que come um sapato se não o conseguir em três semanas.

ZAP / Aberto Até de Madrugada / Canal Tech

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de tarântula pode ser benéfico no tratamento de dores viscerais

Uma equipa de investigadores australianos identificou dois peptídeos do veneno da tarântula, que podem ajudar a aliviar dores em órgãos do sistema digestivo. Há algum tempo que os cientistas investigam a funcionalidade do veneno em doenças, …

Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global. Um grupo de investigadores da Escola …

Taxa de natalidade desce quase um terço em cidade chinesa

As autoridades chinesas reconheceram oficialmente que a taxa de nascimentos em Xinjiang, cidade situada no noroeste da China, desceu quase um terço em 2018, comparada com o ano anterior. De acordo com a CNN, o governo …

Dynetics revela o módulo lunar do programa Artemis (incluindo o interior)

A empresa norte-americana Dynetics revelou, no dia 15 de setembro, um modelo em escala real do módulo lunar especialmente projetado para levar os astronautas da NASA à Lua já em 2024, como parte do programa …

Polícia de Nova Iorque de origem tibetana acusado de espiar ao serviço da China

Um polícia nova-iorquino originário do Tibete foi acusado de espionagem pelas autoridades norte-americanas por, supostamente, ter recolhido para o Governo chinês informações sobre a comunidade tibetana em Nova Iorque. De acordo com a acusação das autoridades …

Football Leaks. PJ desconhecia acesso das autoridades francesas às provas

O inspetor da PJ, José Amador, revelou, esta terça-feira, que esta polícia não teve conhecimento do acesso das autoridades francesas às provas apreendidas a Rui Pinto durante a sua detenção na Hungria. Na quinta sessão do …

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …