Japão promete “uma sociedade neutra em termos de carbono” até 2050

© 内閣官房内閣広報室 / Wikimedia

Yoshihide Suga, primeiro-ministro japonês

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão.

Numa altura em que cada vez mais se fala em preocupações ambientais, o Japão, um dos países com maior indústria do mundo, prepara-se para dar um grande passo.

“Declaro que reduziremos (as emissões) de gases com efeito de estufa para zero até 2050″, num caminho para “uma sociedade neutra em termos de carbono”, disse o primeiro-ministro do país asiático, Yoshihide Suga, no seu primeiro discurso político ao parlamento japonês desde a tomada de posse, em setembro deste ano.



O anúncio representa um passo significativo para o cumprimento dos compromissos do Japão na luta contra as alterações climáticas. Até agora, Tóquio só tinha dito que esperava alcançar a neutralidade de carbono na segunda metade do século XXI.

O primeiro-ministro nipónico não apresentou um calendário específico para alcançar este equilíbrio entre as emissões de gases com efeito de estufa e a sua absorção, mas mencionou a importância da tecnologia neste contexto. “A chave é a inovação”, disse, citando em particular a nova geração de baterias solares.

De acordo com o ministro, o Japão irá também promover a utilização de energia renovável e nuclear, sublinhando a importância da segurança num país marcado pelo desastre de Fukushima, que ocorreu há cerca de nove anos, em 2011.

O acidente, que se seguiu a um grande terramoto e tsunami, levou ao encerramento temporário dos reatores nucleares do Japão e aumentou a sua dependência dos combustíveis fósseis.

A terceira maior economia do mundo, que assinou o Acordo de Paris em 2015, foi o sexto maior emissor mundial de gases com efeito de estufa em 2018, de acordo com a Agência Internacional de Energia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Grupo Espírito Santo só tem verbas para pagar 2,6% das dívidas

Os credores reclamam 11,5 mil milhões de euros em dívida, mas o império Espírito Santo só tem cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o semanário Expresso, aquilo que resta do império Espírito Santo …

CTT reclamam dívidas de 67 milhões ao Estado

Os CTT iniciaram um processo de arbitragem contra o Estado, reclamando um total de 67 milhões de euros em compensações pelo impacto da pandemia de covid-19 e pela extensão unilateral do contrato de concessão. "Os CTT …

O candidato de Costa ao Porto só durou 24 horas (e a "asneira" pode sair-lhe cara)

Está lançada a confusão no PS Porto com a escolha do candidato do partido às próximas eleições autárquicas. O secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, não resistiu às reacções negativas à sua escolha para …

Mourinho Félix ao ataque. BdP "subjugou-se" à ex-ministra das Finanças

O antigo secretário de Estado Adjunto e das Finanças criticou, esta sexta-feira, a "falha grave" do Banco de Portugal (BdP) ao se ter subjugado à antiga ministra das Finanças quanto à capitalização inicial do Novo …

Castillo obtém a maioria dos votos nas Presidenciais peruanas

Pedro Castillo obteve a maioria dos votos nas eleições presidenciais de domingo no Peru, com 50,168% dos votos, restando apenas 0,328% para contar, uma distância que a sua rival, Keiko Fujimori, não será capaz de …

Câmara de Lisboa arrisca multa de 80 milhões devido à partilha de dados

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) terá cometido quatro violações à lei da Proteção de Dados, puníveis cada uma com uma coima até aos 20 milhões de euros. Em declarações ao jornal Público, Elsa Veloso, advogada …

Joanetes e ossos partidos. A moda dos sapatos pontiagudos teve um alto custo na Inglaterra medieval

A moda dos sapatos pontiagudos na Inglaterra medieval desencadeou uma onda de joanetes, que, por sua vez, levaram a que as pessoas caíssem e partissem ossos. O século XIV assistiu à chegada de uma abundância de …

Sir António Horta Osório. Português foi condecorado pela Rainha Isabel II

O gestor português do setor da banca foi condecorado, este sábado, pela Rainha Isabel II com o grau de cavaleiro da Ordem do Império britânico, passando a ter direito ao título de "Sir" antes do …

Época balnear abre este sábado na maioria das praias (mas com regras)

A época balnear abre oficialmente este sábado na grande maioria das praias portuguesas, sujeitas pelo segundo ano consecutivo a regras para prevenção, contenção e mitigação da transmissão da infeção por covid-19. Segundo uma portaria publicada em …

Pessoas com pupilas grandes são mais inteligentes

O tamanho das nossas pupilas diz mais sobre nós do que imaginávamos. Cientistas descobriram que há uma surpreendente correlação entre o tamanho inicial da pupila e a inteligência fluida. Um novo estudo sugere que o tamanho …