Já há 100 mortos por Covid-19 em Portugal. Infectados sobem para 5170 (mais de 700 são profissionais de saúde)

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido (dta.), com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa sobre a epidemia Covid-19

O número de pessoas infectadas com o coronavírus em Portugal subiu para 5170. São 902 novos casos confirmados nas últimas 24 horas, o que representa um acréscimo de 21%. Entre os infectados há 754 profissionais de saúde. E já morreram 100 pessoas.

A taxa de mortalidade de Covid-19 em Portugal é de 1,9%, mas na faixa etária dos maiores de 70 anos sobe para 7,9%, segundo a ministra da Saúde, Marta Temido.

Além dos 5170 casos confirmados, a ministra revela que há 4938 casos à espera de resultados.

Entre os 5170 infectados, há 754 casos que se referem a profissionais de saúde, como revelou a directora-geral de Saúde, Graça Freitas.

Cerca de 89% dos doentes estão a ser tratados em casa. Internadas estão 418 pessoas, das quais 89 nos Cuidados Intensivos.

Os infectados recuperados continuam nos 43 pacientes.

Marta Temido revelou ainda que a listagem actualizada neste sábado, com os 5170 casos confirmados, “já não apresenta os casos estrangeiros que foram imputados às suas regiões”. No mapa divulgado na sexta-feira apareciam 21 casos atribuídos ao estrangeiro que diriam respeito a cidadãos de outras nacionalidades. No mapa de hoje já não há qualquer referência a casos estrangeiros.

Pico vai ser no fim de Maio e será “um planalto de casos”

Avaliando os resultados, Marta Temido antevê que o pico da epidemia seja “adiado para final de Maio“, o que indicia que “as medidas de contenção que temos adoptado, designadamente ficar em casa, estão a ser efectivas”.

A ministra alerta, contudo, que “continuamos a estimar um número muito elevado de casos, mais elevados ainda, de Covid-19″, o que vai exercer “uma enorme pressão sobre o Serviço de Saúde português e sobre todos nós”.

Graça Freitas reforça a ideia de que as medidas de contenção, como o encerramento das escolas, tiveram os resultados esperados. “Era um dos nossos grandes objectivos. O que já prevemos é que o pico não vai ser de um dia apenas, vai ser um planalto de casos mais ou menos semelhantes durante vários dias”, revelou ainda a directora-geral de Saúde.

Esta responsável também notou aos jornalistas que a DGS consegue, neste momento, fazer “projecções a uma semana” quanto ao número de casos, de modo a “prever o impacto” da epidemia. “Tudo indica que as medidas de contenção que foram tomadas estão a abrandar a curva”, salienta  Graça Freitas recusando-se a divulgar os números das projecções.

Situação dos lares é a que mais preocupa

Marta Temido frisa ainda que a possibilidade de prescrição directa de testes pela Linha de Saúde 24 permitiu um crescimento no número de testes realizados, revelando que entre 1 e 26 de Março “foram realizados cerca de 40 mil testes”.

A ministra também nota que chegaram nas últimas horas “mais equipamentos de protecção individual” para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e que se esperam ainda mais materiais, como respiradores, máscaras cirúrgicas, batas e luvas.

“O maior desafio”, neste momento, “são as unidades de cuidados continuados, as residências para idosos e os lares“, realça a ministra, apelando ao aparecimento de “voluntários com competências técnicas” que possam surgir “na substituição de cuidadores que precisem de ir para quarentena”.

“Nesta fase, o objectivo é reduzir a transmissão da infecção e mitigar os efeitos da doença”, realça ainda Marta Temido, deixando um apelo aos portugueses para manterem o isolamento e o distanciamento social, resistindo ao bom tempo que se faz sentir.

Hoje é sábado, está sol, mas não é um dia comum. O número de doentes que vamos ter depende de cada um de nós. Não vamos poder estar juntos como gostávamos nesta Páscoa, mas isso é essencial para podermos voltar a estar juntos”, destaca.

Sobre a redução da procura dos serviços de urgência no SNS, que caiu 30%, Marta Temido nota que “muita da procura que não aconteceu pode corresponder a pessoas que encontraram alternativas”. Contudo, “há o risco de ter doentes que chegam aos cuidados de saúde com a patologia mais agravada por estarem a retardar os cuidados”, reconhece a ministra, frisando que haverá uma tentativa de os encaminhar para “hospitais limpos”. “Estamos a trabalhar com várias autoridades de saúde na identificação daquilo que podem ser as circunstâncias mais prementes”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E na última gripe sazonal em Portugal morreram quase 4 mil mas ninguém fala desses.
    Na Europa morreram 100 mil na Europa toda.
    E o incêndio de Pedrogão Grande matou mais de 60 inocentes e ainda hoje estamos à espera de saber os nomes dos empresários que encomendaram esses fogos!!

  2. Estas duas senhoras parecem zombies, para elas está tudo a decorrer normalmente, têm dados que colocam infectados fora dos seus concelhos ou distritos de residência, dizem que a psoriose mata não é o COVID-19, etc.
    Não existem palavras para descrever a incompetência.

RESPONDER

PSD recusa negociar com Costa e Silva (só "se vier a ser ministro")

Rui Rio disse, esta segunda-feira, que António Costa pode escolher quem entender para conselheiro económico, mas o PSD só aceitará negociar com ministros. O líder do PSD, Rui Rio, disse estar de acordo com a decisão …

"Não haverá acordo" se Londres não respeitar compromissos, avisa Michel Barnier

O negociador europeu para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Michel Barnier, sublinhou no domingo que "o tempo urge", avisando que não haverá acordo se Londres permanecer nas posições anteriores. "O Reino Unido …

Ex-Benfica Garay acusa Valência de "campanha difamatória"

Ezequiel Garay acusou o Valência de levar a cabo uma "campanha difamatória" contra si. "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas", disse o argentino. O ex-jogador do SL Benfica Ezequiel Garay cumpre …

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …