Investigadores do Porto querem prever a popularidade das notícias

(dr) JPN

Kelwin Fernandes, Paulo Cortez e Pedro Vinagre, investigadores do INESC TEC

Kelwin Fernandes, Paulo Cortez e Pedro Vinagre, investigadores do INESC TEC

Calcular a probabilidade de uma notícia ser popular antes de ser publicada. É esta a finalidade do sistema criado por uma equipa de investigadores da Universidade do Porto e do Minho.

Saber antecipadamente o impacto que uma notícia vai gerar junto do público. Foi com esta ideia que Paulo Cortez, Pedro Vinagre e Kelwin Fernandes construíram um sistema inteligente de previsão de popularidade que pretende ser um contributo nesta matéria.

Através deste sistema será possível identificar quais as notícias que podem vir a ser populares. A equipa aponta, de momento, para uma taxa de precisão a rondar os 70% e para um aumento de 15% na probabilidade de uma notícia ser popular.

A ideia surgiu numa “unidade curricular do programa doutoral em Informática MAPi”, refere Kelwin Fernandes, investigador do INESC TEC, ao JPN.

O sistema é composto por três módulos: recolha de dados, módulo de previsão e módulo de otimização.

No primeiro passo, Kelwin Fernandes explica que se procede a “uma limpeza e a um processamento dos dados de modo a construir uma base”.

Nesta parte, entram indicadores como as palavras-chave, menções a notícias anteriores, partilhas e uso de imagens e vídeos.

No segundo módulo são construídos modelos de previsão, que são aplicados às notícias antes da publicação online.

Os modelos podem dar duas respostas: “popular” ou “não popular”. Também calculam a probabilidade de quão popular pode ser o artigo.

O módulo de otimização é o que tem mais utilidade. “Usa o modelo de previsão e sugere alterações para aumentar a popularidade da notícia antes mesmo de ser publicada”, explica Kelwin Fernandes.

O investigador do INESC TEC aponta o que distingue a ferramenta das restantes: “A novidade é que consegue medir a popularidade das notícias antes de serem publicadas.

“A maior parte dos sistemas precisa de um certo número de horas ou dias para ver o comportamento inicial da audiência relativamente às notícias”, explica o investigador.

O trabalho venceu o Best Paper Award da 17.ª Conferência Portuguesa em Inteligência Artificial, entre 81 artigos de autores de 18 países, e foi publicado pela editora Springer.

O sistema está agora numa fase experimental e uma das hipóteses é procurar parceiros, como um site de notícias, para que a equipa possa aplicar o sistema e dar mais projeção ao trabalho desenvolvido.

ZAP / JPN

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …