Investigadores apresentam bateria cem vezes mais barata e que armazena o dobro de energia

O armazenamento de energia, um dos maiores problemas das renováveis, pode ser facilitado com uma bateria de enxofre, ar, água e sal cem vezes mais barata do que uma convencional e que conserva o dobro da energia.

A nova bateria foi apresentada, esta quarta-feira, na revista norte-americana Joule e foi desenvolvida por um grupo de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), incentivados pelo Departamento de Energia dos EUA a reduzir o custo de armazenamento das energias renováveis.

Dizem os responsáveis pelo projeto que pode acumular o dobro da energia de uma bateria normal de chumbo e ácido.

“É cada vez mais claro que para que as energias renováveis se tornem a principal parte, se não a única, do nosso sistema de geração de eletricidade”, é preciso combinar a oferta com a procura que temos enquanto sociedade, disse um dos investigadores, Yet-Ming Chiang, do Departamento de Ciências e Engenharia dos Materiais do MIT.

O responsável assinalou que a invenção dá uma nova esperança nesta área mas adiantou que é preciso caminhar rapidamente, porque não há “muito tempo”.

A parte crítica das energias renováveis é a variabilidade, já que as nuvens podem impedir o sol de chegar a painéis solares ou pode não haver vento para mover as turbinas eólicas. Se a energia pudesse ser armazenada seria possível manter nesses tempos de não produção um fluxo de fornecimento ininterrupto.

Até agora, a ligação do armazenamento à geração de energias renováveis é incipiente. Guardar essa energia é possível mas a quantidade armazenada do total de energia solar e eólica produzida é ínfima e o custo é muito elevado.

O ex-secretário da Energia, Steven Chu, tinha estabelecido a meta 5-5-5, de reduzir cinco vezes o custo de armazenamento e aumentar em cinco vezes a capacidade de recolha, tudo isso em cinco anos. O trabalho do grupo do MIT concentrou-se na primeira parte da meta.

Os investigadores interessaram-se pelo potencial do enxofre, um não-metal abundante, e depois de pesquisas chegaram à bateria que agora apresentam, com um custo químico de cerca de um dólar por kWh (quilowatt hora).

Até agora, notam também, o único inconveniente da bateria é que ocupa mais espaço do que as tradicionais baterias existentes no mercado, o que é compensado pelo baixo custo.

A equipa promete continuar a trabalhar para tornar a bateria mais eficiente e aumentar o seu tempo de vida útil, estimado agora em dois meses, quando o normal seria entre cinco a 20 anos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Harry Potter ganha novo (e estranho) capítulo

Harry Potter e o retrato daquilo que parecia ser um grande monte de cinzas é o título do mais recente pedaço da história protagonizada pelo famoso feiticeiro. Mas não foi J.K. Rowling que o escreveu. Os autores …

Rússia pode cortar a Internet mundial, avisa General britânico

É uma nova ameaça à "nossa forma de vida" e à segurança e economia mundiais. O alerta é do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas do Reino Unido, Stuart Peach, que teme que a Rússia …

Tribunal mantém pena de 30 anos para mulher que alega ter sofrido aborto espontâneo

Um tribunal de El Salvador confirmou a sentença de 30 anos de prisão a uma mulher acusada de homicídio agravado devido à morte do seu recém-nascido. Teodora Vásquez garante que se tratou de um aborto …

WikiLeaks é agora um meio de comunicação social

Um tribunal britânico considerou, em sentença, que o portal de divulgação de informação WikiLeaks é, agora, uma "organização de meios de comunicação". Um tribunal britânico, que avalia casos sobre liberdade de informação, classificou o WikiLeaks como …

Arquiteto Manuel Aires Mateus vence Prémio Pessoa 2017

Esta sexta-feira, o arquiteto Manuel Aires Mateus foi distinguido com o Prémio Pessoa, uma das mais importantes distinções em Portugal. O arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor do Prémio Pessoa, anunciado esta sexta-feira pelo presidente …

Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

Esta sexta-feira, uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero. A Comissão Real da Austrália, que corresponde à procuradoria-geral da república, divulgou esta sexta-feira …

Carrilho absolvido do crime de violência doméstica por falta de provas

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho foi absolvido do crime de violência doméstica contra a ex-mulher Bárbara Guimarães. A juíza do processo considera que não há provas suficientes para uma condenação. Manuel Maria Carrilho era …

Ex-dirigente da Cerci da Guarda usa instituição para faturar

O ex-vice-presidente da Cercig, a cooperativa de solidariedade social da Guarda com estatuto de utilidade pública, foi acusado de crime de participação económica em negócio, punível com 5 anos de prisão. De acordo com o Ministério …

Pensões, subsídios e abono de família aumentam já em Janeiro

As prestações sociais pagas pela Segurança Social vão subir já a partir de Janeiro de 2018, fruto do aumento previsto de 1,8% para o chamado Indexante dos Apoios Sociais (IAS). O IAS é o referencial usado …

Lince-ibérico esteve à venda (com urgência) no OLX

Um anúncio no OLX vendia "urgentemente" um lince-ibérico pelo valor negociável de 1500 euros. O Ministério Público já está a investigar o caso. O Ministério Público está a investigar uma possível venda online de um lince-ibérico, …