Inteligência emocional melhora saúde e desempenho no trabalho

World Bank Photo Collection / Flickr

Um investigador da Universidade de Málaga, em Espanha, considerou que a inteligência emocional, tema de uma conferência que começa esta quarta-feira no Porto, melhora a saúde mental e física dos indivíduos e o desempenho no trabalho.

De acordo com o especialista Paulo Fernandez-Berrocal, a inteligência emocional é a capacidade de perceber, avaliar, expressar e regular a emoção, que pode levar a um comportamento social mais ativo, a uma maior sensação de bem-estar e felicidade e controle da agressividade.

Durante séculos, a emoção e a cognição foram entendidas como conceitos separados, mas atualmente a relação interactiva e bidirecional entre ambas tem uma ampla aceitação, afirmou.

“Os neurocientistas têm revelado interações complexas entre os dois conceitos, demonstrando um alto nível de interdependência entre eles”, referiu. As emoções e os processos cognitivos, como a atenção, a tomada de decisão, e a memória, parecem estar relacionados, acrescentou.

Um estado emocional negativo “promove um processamento mais sistemático, detalhado e cuidadoso das informações”, enquanto um estado emocional positivo leva a que esse processo seja mais criativo e espontâneo, explicou.

Fernandez-Berrocal é um dos investigadores que participa no 6.º Congresso Internacional de Inteligência Emocional, que decorre entre esta quarta-feira e sábado, na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP).

O congresso é organizado com o apoio da ‘International Society for Emotional Intelligence’ (ISEI), uma organização educacional sem fins lucrativos que auxilia e incentiva o avanço da investigação na área da inteligência emocional.

Paulo Fernandez-Berrocal é responsável pela sessão “Inteligencia emocional en acción: Claves para desarrollar nuestras emociones”, que visa proporcionar aos profissionais da área uma perspetiva mais prática dos conceitos de emoção e inteligência emocional.

Durante o evento, vai ainda apresentar o estudo “Emotional intelligence and hot and cool cognitive control ability”, cujos resultados sugerem que uma melhoria na capacidade de gerir as emoções pode aumentar o controle cognitivo, impedindo determinados comportamentos, como a impulsividade ou o abuso de drogas”.

Em declarações à Lusa, John Pellitteri, presidente do ISEI e um dos oradores no congresso, explicou que a inteligência emocional engloba um conjunto de habilidades que podem ser desenvolvidas, permitindo aos indivíduos usar a informação emocional para se adaptarem e ser bem-sucedidos na vida e no relacionamento com os outros.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Um campeão categórico, Ronaldo fora do pódio e uma equipa a pé até ao estádio

O FC Porto goleou o vizinho Boavista, o Benfica ficou a lamentar tanto desperdício e o Sporting entrou a ganhar no campeonato. Destaque ainda para o Santa Clara, Rúben Dias, João Félix, Ronaldo e Messi... e …

A mais longa quarentena do mundo vai ser prolongada mais um mês

A quarentena em Manila devido à covid-19, a mais longa do mundo atualmente, será prolongada por mais um mês até 31 de outubro, anunciaram esta terça-feira as autoridades. Mais um mês significa que número total de …

Media Capital. Mário Ferreira apresenta queixa na ERC contra a Cofina

O empresário, acionista da Media Capital, entregou, esta segunda-feira, uma queixa na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) contra o grupo Cofina pelo ataque de que considera ser vítima. De acordo com Mário Ferreira, nos …

Uber vence batalha judicial e prolonga licença para operar em Londres

A Uber ganhou, esta segunda-feira, um recurso legal sobre a revogação da sua licença para operar em Londres, garantindo por enquanto a continuação da empresa num dos seus maiores mercados. De acordo com o Wall Street …

Ordenados "não podem ser cortados", diz comissário. Proposta sobre salário mínimo apresentada em outubro

O comissário europeu do Emprego e Direitos Sociais, Nicolas Schmit, reconheceu as limitações da Comissão Europeia quanto a salários, defendendo que o sistema que no qual está a trabalhar permitirá que os rendimentos aumentem na Europa. Em …

Chega quer expulsar autor de moção pela remoção de ovários a mulheres

A direção do Chega vai propor a “suspensão imediata” do militante Rui Roque que defendia a extração dos ovários numa moção de estratégia que foi rejeitada em congresso, informou esta segunda-feira o partido. Mais de uma …

Precários à espera de apoio extraordinário estão a receber multas do fisco

A Associação de Combate à Precariedade denunciou que a Autoridade Tributária (AT) está a aplicar multas de 75 euros a trabalhadores precários que ficaram sem rendimento e estão a recorrer ao novo apoio extraordinário a …

Portugal regista mais seis óbitos e 688 novos casos

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 688 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

Novo lay-off é para "aguentar o emprego e as empresas" (mas agrava cortes dos trabalhadores)

O novo regime de lay-off anunciado pelo Governo, para apoiar as empresas com "perdas mais significativas", nomeadamente na área do turismo, visa "aguentar o emprego e as empresas", segundo o ministro da Economia, Siza Vieira, …

Jornal "The Guardian" sugere que Portugal é um país racista e compara Ventura a Bolsonaro

O jornal britânico "The Guardian" noticiou, esta segunda-feira, alguns dos mais recentes acontecimentos racistas que têm ocorrido no país, afirmando no seu título que "Portugal regista um aumento da violência racista com ascensão da extrema …