IA criou sozinha uma nova vacina contra a gripe (e é melhor do que as atuais)

Uma inteligência artificial criada pela Universidade de Flinders, na Austrália, desenvolveu, sozinha, uma nova vacina para a gripe.

Apelidada de “SAM” (sigla em inglês para “Algoritmos Inteligentes para Descobertas Médicas”), a tecnologia criou uma medicação tão eficaz que os testes em humanos já estão a começar nos EUA.

Segundo o relato da própria universidade, a SAM recebeu diversas informações de agentes químicos conhecidos por ativarem o sistema imunológico humano. Em seguida, outros agentes químicos — que não trazem efeito algum sobre o nosso corpo — também foram inseridos no banco de dados da IA.

A partir daí, SAM passou a trabalhar na geração de triliões de compostos e combinações químicas para criar novos medicamentos. A gripe em si nem era o alvo da investigação.

Os investigadores responsáveis pelo estudo selecionaram as combinações candidatas mais viáveis de serem reproduzidas e uma delas deu origem a uma vacina “turbo-carregada” que, segundo testes realizados em animais, mostrou-se extremamente capaz de combater diversos tipos de gripe.

“Tivemos de ensinar o programa de IA a ler uma série de componentes de ativação do sistema imunológico humano, bem como alguns que não o fazem. O trabalho da IA em si era o de distingui-los entre componentes que funcionavam e componentes inúteis”, disse ao Business Insider Nikolai Petrovsky, professor da Universidade de Flinders, líder do projeto e diretor de pesquisas da empresa australiana de biotecnologia Vaxine.

“Desenvolvemos outro programa, chamado químico sintético, que gerou trilhões de diferentes combinações químicas que foram reinseridas na SAM para que analisasse e separasse todas até que encontrasse candidatas que pudessem resultar em boas medicações imunizantes para humanos”, explicou o professor.

Petrovsky também ressaltou que o processo via inteligência artificial tem o potencial de encurtar em vários anos o tempo de descoberta de novas medicações, salvando milhares de vidas e economizando milhões de dólares.

“Isso confirmou que a SAM, não só tem a habilidade de identificar bons medicamentos, mas também a de criar drogas imunizantes ainda melhores do que as que existem atualmente”, disse Petrovsky. “Pegámos nestas drogas criadas pela SAM e desenvolvemos testes com células humanas, depois em animais, a fim de confirmar a sua capacidade de ampliar a eficácia da vacina”.

De acordo com a Universidade de Flinders, testes humanos já estão a ser encomendados nos EUA, dizendo que já se sabe que a nova vacina é melhor do que as atuais em animais – e agora precisam de confirmar este facto em humanos.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. (…) na geração de “trilhões” de compostos e combinações químicas para (…)

    Trilhões”: trilhadelas muito grandes e dolorosas…

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …