Inscrição antiga revela cidade esquecida na Turquia que terá derrotado o rei Midas

James Osborne

No inverno passado, um agricultor do sul da Turquia encontrou uma grande pedra semi-submersa num canal de irrigação com inscrições misteriosas. Agora, a rocha revelou a história de uma antiga civilização perdida que terá derrotado o reino da Frígia do rei Midas no final do século VIII a.C.

De acordo com um comunicado da Universidade de Chicago, alguns meses depois de descobrir a pedra, o agricultor avisou arqueólogos locais sobre a sua existência. Com um trator, o agricultor ajudou os arqueólogos a retirar o pesado bloco de pedra do canal.

“Imediatamente era claro que era antigo e reconhecemos a língua em que estava escrito: luvita, usada nas idades de Bronze e Ferro na região”, disse James Osborne, arqueólogo e professor assistente de Arqueologia Anatólia da Universidade de Chicago.

A estela estava coberta de hieróglifos escritos em luvita, uma das mais antigas línguas indo-europeias. A linguagem escrita, composta de símbolos hieroglíficos nativos da antiga Turquia, é lida em sequências alternadas da direita para a esquerda e da esquerda para a direita.

“Não fazíamos ideia da existência deste reino”, continuou Orborne. “Num piscar de olhos, tivemos novas informações profundas sobre a Idade do Ferro no Médio Oriente”.

A pedra conta a história de um reino antigo que derrotou Frígia, que era governado pelo rei Midas. Segundo a mitologia grega, Midas transformava tudo o que tocava em ouro. Um símbolo na pedra indicava que esta era uma mensagem que vinha diretamente do seu governante, o rei Hartapu. Uma parte da pedra dizia: “Os deuses da tempestade entregaram os reis [rivais] à sua majestade”.

O reino perdido terá existido entre os séculos IX e VII a.C. e, no seu auge, provavelmente terá cobrido cerca de 120 hectares. Era um dos maiores assentamentos existentes na Turquia antiga na época.

A sua capital localizava-se no que é hoje o sítio arqueológico de Turkmen-Karahoyuk. O Projeto de Pesquisa Arqueológica Regional de Konya identificou este assentamento como um importante sítio arqueológico em 2017.

Ainda não se sabe qual era o nome deste reino. Por outro lado, esta inscrição não é a primeira menção ao rei Hartapu. A 16 quilómetros a sul, os arqueólogos descobriram anteriormente inscrições hieroglíficas num vulcão que se referia ao rei Hartapu. Essa inscrição não revelava, porém, quem era nem que reino governava.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …

Governo quer desempregados e trabalhadores em lay-off a reforçar lares e hospitais

O Governo criou uma medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde com o objetivo de apoiar as entidades do setor social e solidário. De acordo com o ECO, o Governo …