/

Implante impresso em 3D é a mais recente solução para a perfuração do tímpano

Uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, desenvolveu um implante, impresso em 3D, capaz de resolver os problemas causados pela perfuração do tímpano.

O tímpano é uma fina membrana circular que vibra em resposta às ondas sonoras, convertendo-as em sinais elétricos para o cérebro interpretar. Se for perfurado por objetos estranhos – como cotonetes de algodão, por exemplo -, o trabalho não é tão bem feito e pode abrir a porta a vírus e bactérias capazes de causar infeções graves.

Atualmente, o melhor tratamento para o problema é a timpanoplastia, uma cirurgia que consiste na reparação do orifício com enxertos do próprio tecido do paciente. O resultado final, porém, não conduz tão bem o som.

O PhonoGraft foi desenvolvido para resolver esse problema. Segundo o New Atlas, o implante imita a forma do tímpano e é feito de uma tinta à base de um polímero sintético desenvolvida especialmente para impressão 3D.

Além de restaurar a audição, o implante também fornece uma estrutura para as próprias células se regenerarem. Testes em chinchilas – animais que têm anatomia e alcance auditivo semelhantes aos humanos – mostraram-se muito promissores.

Como o PhonoGraft pode ser inserido através do canal auditivo, o processo é muito menos invasivo.

Para colocar o dispositivo no mercado, o Wyss Institute criou uma startup, chamada Beacon Bio, que foi recentemente adquirida pela Desktop Health. A equipa pretende agora obter autorização da Food and Drug Administration (FDA), a agência norte-americana do medicamento.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.